SANTA CASA EMITE ALERTA DE SATURAÇÃO DE LEITOS POR COVID-19

by

Nesta quinta-feira (10), a Santa Casa de Misericórdia de Tatuí emitiu alerta de limite máximo de ocupação de leitos por pacientes de Covid-19. A casa de saúde informa que está atingindo sua capacidade máxima de pacientes “e que está próxima a um nível gravíssimo de ocupação de leitos, clínicos e de UTI”.  Estavam internados 52 pacientes nos leitos clínicos (a capacidade normal é 22 leitos) e 18 na Unidade de Tratamento Intensivo (a capacidade normal é dez leitos).

            O boletim epidemiológico traz informação de mais seis óbitos causados pela Covid-19 em um período de apenas 24 horas, totalizando 20 falecimentos somente nos primeiros meses de junho.  O total desde o início da pandemia em Tatuí agora são 348 vítimas da Covid-19.. A doença provocada pelo coronavírus não respeita limite de idade. Nesta quinta-feira (10), faleceram duas mulheres, um de  74 e outra de 46 anos. Foram registradas as mortes de quatro homens de 73,  61,  55 e 27 anos. Apenas em junho, vinte pessoas já haviam perdido a batalha contra a Covid-19.

            Outro dado preocupante trazido pelos boletins deste mês é o aumento impressionante de casos positivos da doença. Nos dez primeiros dias de junho, foram notificados em Tatuí 1.410 novos casos. Com isso, o total desde o início da pandemia chegou a 15.026 casos. Os registros somente não ultrapassaram cem casos em apenas três dias de junho e apontam 208 (dia 1º), 107 (dia 2), 222 (dia 3), 122 (dia 4), 72 (dia 5), 80 (dia 6), 96 (dia 7), 176 (dia 8), 139 (dia 9) e 188 (dia 10).

            A única forma eficaz e comprovada de combater a Covid-19 é a vacina. A municipalidade faz sua parte, e até o dia 10, já havia aplicado quase 48 mil doses das vacinas do Butantan ou Oxford/Astrazeneca em Tatuí, a 4ª cidade da região de Sorocaba que mais imuniza, segundo dados do site “Vacina Já”, do Governo do Estado. Porém, para se imunizar completamente contra a Covid-19 e colaborar para a redução de infecções, internações e mortes, é necessário tomar as duas doses da vacina. Uma dose apenas não garante proteção completa e não ajuda a reduzir a circulação do vírus. Por isso, as pessoas que já receberam a primeira dose precisam retornar na data estipulada na carteira de vacinação, para tomar a segunda dose do imunizante.

Enquanto não há vacina para todos, é imperioso também seguir as regras básicas de combate ao vírus, ou seja, utilizar máscara o tempo todo quando sair de casa, higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel e respeitar o distanciamento social, evitando as aglomerações. Mesmo as pessoas já vacinadas devem continuar cumprindo essas regras, para frear o avanço do vírus e permitir que a pandemia possa ser finalmente controlada. Do contrário, esta verdadeira calamidade pública de saúde continuará a nos atingir, trazendo dor, tristeza e luto às famílias brasileiras.

JORNAL INTEGRAÇÃO – WHATSAPP – (15) 3305-6674

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: