Anúncios

Posts Tagged ‘Prefeito’

Ex-prefeito Gonzaga fala sobre denúncia do presidente do Tatuiprev

maio 15, 2015

GONZAGA (1)

Um assunto que veio à público em abril é uma suposta falta de recolhimento de aproximadamente R$ 10 milhões para o Fundo Previdenciário dos Servidores Públicos Municipais. O tema está sendo alvo de polêmica na Câmara Municipal de Tatuí e vereadores da situação e oposição debatem o caso no parlamento tatuiano (ver matéria na primeira página). O Jornal Integração, baseado nas denúncias apresentadas pelo presidente do Tatuiprev, entrevistou o ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, responsabilizado pela suposta falta de recolhimento do dinheiro. Leia a íntegra das respostas abaixo:

Jornal Integração – Um relatório de uma auditoria realizada pelo Ministério da Previdência Social no Tatuiprev, encaminhado em dezembro de 2014 e divulgado somente agora, indica que o órgão que administra o Fundo Previdenciário dos Servidores Públicos da Prefeitura Municipal, Câmara Municipal e Fundação Manoel Guedes deixou de receber aproximadamente R$ 10 milhões de alíquotas de suplementação patronais nos anos de 2008 e 2009. Na época, o sr. era o prefeito municipal. Quem era o presidente da Câmara e da Fundação Manoel Guedes? Por que deixaram de recolher este dinheiro?

Gonzaga – Eu entendo que houve um erro de interpretação do auditor nesta questão das alíquotas de suplementação patronais. O erro de interpretação ocorreu porque o auditor, quando esteve in loco em sua inspeção, não recebeu a atenção devida dos atuais gestores. Ele mesmo aponta isso no relatório. Ele teve que chegar a algumas conclusões por amostragem de dados. Isso é um absurdo.

E mais: a atual gestão afastou do Tatuiprev, sem motivos e explicações, um servidor municipal que estava preparado para dar total suporte aos novos dirigentes, que assumiram em 2013. Investimos neste servidor, que realizou cursos e oficinas e estava apto a ajudar neste momento de transição.

O Tatuiprev é uma grande conquista do servidor municipal. Quando o criamos, seguimos orientações de uma assessoria contratada do município de Indaiatuba, top de mercado e referência nacional. Além disso, todo o processo teve supervisão da Caixa Econômica Federal e do próprio Ministério da Previdência Social. Inclusive, com eles, discutimos as alíquotas a serem recolhidas. Até 2012, fomos auditados em duas oportunidades e nada de irregular foi encontrado.

Concluindo a pergunta, nos anos de 2008 e 2009, a Câmara Municipal foi dirigida pelos vereadores Fábio José Menezes Bueno (2008) e José Tarcísio Ribeiro (2009). Na Fundação Manoel Guedes, em 2009, o presidente era o ex-vereador Edno Galvão de França.

Jornal Integração – Segundo o atual presidente do Tatuíprev,  ele considera que além do “rombo financeiro”, outra irregularidade foi apontada pela auditoria. No final do exercício de 2012, a prefeitura teria parcelado outra dívida de aproximadamente R$ 3 milhões. Porém, esse acordo não teria sido cumprido pela administração anterior e, agora, está sendo pago na gestão do atual prefeito, José Manoel Correa Coelho (PMDB). O que o sr. tem a dizer sobre esta afirmação?

Gonzaga – A minha gestão, em 2012, para deixar a casa em ordem, fez um acordo e iniciou o pagamento de uma situação devida ao Tatuiprev. O acordo foi revisto pela atual gestão no início de 2013 e houve um reparcelamento, com a anuência dos vereadores.

Quando encerrei a minha gestão, o Tatuiprev dispunha de R$ 64 milhões em caixa. Hoje, são R$ 104 milhões em caixa. O que o atual gestor do Tatuiprev ignora, e isso foi sim demonstrado na recente auditoria da Previdência, é que a Prefeitura de Tatuí está atrasada com esse reparcelamento proposto e aprovado pela Câmara Municipal em 2013. Isso sim, é muito grave.

Jornal Integração – A assessoria de comunicação do prefeito José Manoel Correa Coelho (Manu) informou a um jornal regional que a Prefeitura de Tatuí foi notificada sobre as irregularidades apontadas na auditoria no dia 23 de março. A assessoria, em tom de lamento, afirma que a Prefeitura estuda uma maneira de parcelar o débito para que não haja prejuízo ao funcionário público e também à cidade. Consta que este relatório da Previdência Social é de dezembro de 2014. O senhor tem conhecimento da razão da demora desta auditoria vir a público?

Gonzaga – O relatório foi concluído pelo auditor em dezembro de 2014 e, segundo o que ali está escrito, foi enviado logo em seguida à Prefeitura de Tatuí. Já a atual administração alega que recebeu o documento em março de 2015.

O fato estranho é que tudo só veio a público no mês de maio de 2015, justo no mês que a administração municipal precisa enviar ao Poder Legislativo a proposta de aumento salarial do servidor municipal. É estranho também que tudo isso se tornou público após o prazo de defesa proposto pelo auditor, de 30 dias, ter findado. Qual defesa foi feita? Ninguém sabe, ninguém esclareceu. Não há nenhuma transparência nesse processo. Isso cheira a uma “cortina de fumaça”, para desviar o foco do reajuste salarial do servidor. Estão fazendo com o funcionalismo “um ato de terrorismo”.

Jornal Integração – Hoje, o que qualquer cidadão nota em Tatuí é uma cidade abandonada, sem investimentos, sem criação de novos empregos, impostos municipais com aumentos abusivos e uma reclamação geral da população. A desculpa do prefeito Manu para justificar este descalabro é de uma dívida herdada de sua administração. O que o sr. tem a dizer sobre este lamento do atual prefeito?

Gonzaga – Como tatuiano,  fico muito triste com o estado atual de abandono do município. Quando assumi a Prefeitura de Tatuí, em 2005, aí sim, a cidade estava um caos e com R$ 50 milhões em dívidas, com um orçamento bem menor, algo em torno de R$ 65 milhões. Colocar a casa em ordem, renegociar as dívidas e fazer a máquina andar, não foi fácil. Mas a minha equipe conseguiu, apesar das dificuldades, vencer os desafios. E a cidade não parou. Fizemos muito, como as 1.125 casas populares, a Maternidade, o Poupatempo, a Fatec, mais de 10 prédios escolares e os 5.500 empregos gerados, e ainda deixamos várias obras para a atual gestão inaugurar. Isso para falar um pouco do que fizemos.

Terminei minha gestão com 80% de aprovação popular. O povo sabe separar o joio do trigo. O que o prefeito tenta fazer é jogar nas minhas costas a sua incompetência administrativa.

Noto que o atual prefeito erra muito na questão administrativa. Veja o caso do IPTU abusivo, que todo mundo reclamou. Dois carnês no mesmo ano? Além disso, a equipe que administra é ruim. A cidade parou. Todos os setores econômicos reclamam, porque estão sufocados por uma administração que trava tudo.

Quanto a mim, a atual gestão tentou me imputar situações irregulares. Tudo com a intenção desesperada de me afastar das urnas. Mais de 20 sindicâncias foram abertas pela atual gestão para apurar minhas ações como prefeito, sem me dar o direito de defesa, mas quase todas foram arquivadas, quando se tornaram inquéritos civis, pelo Ministério Público. Outras ainda estão sendo discutidas na Justiça.

Um dos inquéritos arquivados pelo Ministério Público foi justamente de denuncias que apontavam supostos desvios de R$ 3 milhões no próprio Tatuiprev. Consegui provar na Justiça que quem estava errado eram os denunciantes.

Hoje, a minha preocupação é com essas graves questões que precisam ser apuradas com relação a atual administração: denúncias de superfaturamento em compras de imóveis e monitoramento de prédios por câmeras com gastos de R$ 400 mil mensais, licitações e contratos irregulares. Tudo isso já está na boca do povo e contribui para esse clima ruim que sentimos todos. Isso afasta investimentos e, por consequência, a cidade não desenvolve. E assim, a verdade aparece.

Anúncios

TJSP SUSPENDE LEI DO IPTU DE TATUÍ

dezembro 15, 2013

TJSP Comunicação

Nesta quinta-feira (12), o desembargador Antonio Luiz Pires Neto, do Tribunal de Justiça de São Paulo, suspendeu liminarmente os efeitos da Lei 4.795, de 26 de setembro de 2013, que aumenta o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Tatuí. Na segunda-feira (9), o Diretório Estadual do PSDB ingressou no TJSP com Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para tentar invalidar  a lei municipal que  aumentou o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Tatuí. O presidente do PSDB, ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, afirma que o reajuste médio de 33% está muito acima da inflação e fere o princípio da razoabilidade. O Diretório Regional do PSDB baseou seus argumentos jurídicos em recente decisão prolatada pela  Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), de relatoria do ministro Celso de Mello,  que proíbe confiscatoriedade dos impostos, entre eles, os municipais. Na quarta-feira (11), o Órgão Colegiado Especial do TJSP, por 22 votos a 2, suspendeu lei do prefeito Fernando Haddad (PT), que também aumentava de forma abusiva o IPTU na Capital. O desembargador Antonio Luiz Pires Neto (TJSP), em sua decisão cita o caso ocorrido em São Paulo e suspende a eficácia da Lei nº 4.795, de 26 de setembro de 2013, do Município de Tatuí, até final decisão do Colendo Órgão Especial deste Tribunal de Justiça. (Foto: Comunicação do TJSP).

A ÍNTEGRA DA DECISÃO DO TJSP

Vistos. Trata-se de Ação Direta de Inconstitucionalidade ajuizada pelo PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA PSDB, com pedido de liminar, tendo por objeto a Lei nº 4.795, de 26 de setembro de 2013, do município de Tatuí, que “altera a redação dos artigos 11, 41, 65 e inciso II, do parágrafo 2º, do artigo 88 todos da Lei Municipal nº 1.721, de 08 de dezembro de 1983; o parágrafo 3º da Lei nº 2.612, de 10 de fevereiro de 1993; e aprova a Planta Genérica de Valores do Município de Tatuí, e dá outras providências”. O autor alega que a Planta Genérica de Valores do Município vinha sendo atualizada anualmente desde o ano de 2005, com aumento médio de 8,67% nos últimos oito anos, mas, recentemente, a lei impugnada, de forma absurda, elevou essa atualização ao patamar de 100% (em relação à tabela do ano anterior), daí a caracterização de sua inconstitucionalidade, por afronta aos princípios da legalidade, proporcionalidade, razoabilidade, capacidade contributiva e da vedação ao confisco. Em sede de cognição sumária e superficial, sem adentrar ao mérito da questão, anoto, desde já, que na sessão de julgamento de 11/12/2013, o Plenário deste C. Órgão Especial decidiu, por maioria expressiva de votos, pela concessão de liminar em caso semelhante, referente ao IPTU do Município de São Paulo (ADIN nº 0201865-26.2013.8.26.0000 e ADIN nº 0202182-24.2013.8.26.0000, Rel. Des. Péricles Piza), com apoio em fundamentação que aqui também se aplica. O exame das Tabelas I e II, mencionadas no art. 3º da Lei impugnada (fls. 22 e 24), em cotejo com as Tabelas I e II, mencionadas no art. 1º, do Decreto Municipal nº 13.567, de 19 de dezembro de 2012 (fls. 25 e 26), revela que a atualização da Planta Genérica de Valores, para o exercício de 2014, no município de Tatuí, alcançou o patamar de 100% em relação ao exercício anterior (2013), o que pode acarretar o aumento do IPTU em mais de 33%, conforme tabela exemplificativa de fl. 05. É importante considerar, ainda, que a Planta Genérica de Valores, naquele município, já havia sido corrigida nos anos de 2005/2006 (5,91%), 2006/2007 (1,57%), 2007/2008 (3,4%), 2008/2009 (35,08%), 2009/2010 (5%), 2010/2011 (6,27%), 2011/2012 (6,64%) e 2012/2013 (5,53%), traduzindo aumento anual médio da ordem de 8,67125%. E uma vez que a lei impugnada não indicou algum parâmetro objetivo e idôneo que pudesse justificar, para o próximo ano, o expressivo aumento de 100%, parece razoavelmente fundada – ao menos nesta fase de cognição superficial – a alegação de inconstitucionalidade da norma por existência de vício material, diante de possível ofensa ao princípio da razoabilidade e da proporcionalidade. Como já foi decidido pelo Supremo Tribunal Federal, “todos os atos emanados do Poder Público estão necessariamente sujeitos, para efeito de sua validade material, à indeclinável observância de padrões mínimos de razoabilidade. As normas legais devem observar, no processo de sua formulação, critérios de razoabilidade que guardem estrita consonância com os padrões fundados no princípio da proporcionalidade, pois todos os atos emanados do Poder Público devem ajustar-se à cláusula que consagra, em sua dimensão material, o princípio do ‘substantive due processo of law’ (…) A exigência de razoabilidade qualifica-se como parâmetro de aferição da constitucionalidade material dos atos estatais. A exigência de razoabilidade que visa a inibir e a neutralizar eventuais abusos do Poder Público, notadamente no desempenho de suas funções normativas atua, enquanto categoria fundamental de limitação dos excessos emanados do Estado, como verdadeiro parâmetro de aferição da constitucionalidade material dos atos estatais” (ADI nº 2667/MC, Rel. Min. Celso de Mello, DJ 12/03/2004). Consta, ademais, que a lei impugnada já se encontra em vigor, o que justifica a urgência do pedido, por isso presente o “periculum in mora”. Pelo exposto e em suma, DEFIRO A LIMINAR para suspender a eficácia da Lei nº 4.795, de 26 de setembro de 2013, do Município de Tatuí, até final decisão do Colendo Órgão Especial deste Tribunal de Justiça. Expeçam-se ofícios ao Sr. Prefeito e ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Tatuí comunicando o teor desta decisão para cumprimento e requisitando as informações que deverão ser prestadas no prazo legal. Em seguida, cite-se o Sr. Procurador Geral do Estado, para manifestar-se sobre o pleito aqui deduzido. Int. São Paulo, 12 de dezembro de 2013. Antonio Luiz Pires Neto Relator.

Destaques de 20 de Janeiro de 2013

janeiro 18, 2013

Exclusivo Online

GONZAGA DEVERÁ SE PRONUNCIAR OFICIALMENTE SOBRE DÍVIDA DO MUNICÍPIO

Ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

Ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

Na terça-feira (15), o Jornal Integração entrou em contato com o ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, para saber sua opinião a respeito das declarações feitas pelo atual prefeito Manú, durante entrevista na “TV Tem”, afiliada da Rede Globo na região de Itapetininga. O atual chefe do Poder Executivo disse, nesta entrevista, que a dívida da Prefeitura Municipal, deixada pela administração Gonzaga, é de R$ 35 milhões.

De acordo com Manú, são R$ 15 milhões somente de restos a pagar e mais R$ 20 milhões dos fornecedores pesados, como lixo, merenda, transporte e empresa de pavimentação. O atual prefeito de Tatuí falou também que não foram deixados valores para a folha de pagamento, cartão alimentação e os fornecedores emergenciais. Além disso, os telefones da prefeitura estariam para ser cortados, pois haveria um atraso no pagamento de telefone e internet no valor de R$ 500 mil.

Questionado pela reportagem deste semanário, o ex-prefeito Gonzaga afirmou que fará, nos próximos dias, um pronunciamento oficial à imprensa e população sobre a dívida do município, assim que a prefeitura fechar o balancete do ano de 2012. Com o encerramento e apresentação deste balancete – esclarece Gonzaga – o ano fiscal de 2013 terá início para a nova administração municipal. E então o ex-prefeito deverá prestar os devidos esclarecimentos.

PARTIDO DE BORSSATO COBRA AÇÃO DO PREFEITO MANÚ

O advogado José Carlos Rocha Paes, presidente do Partido Social Democrático (PSD), que tem como seu principal líder em Tatuí o ex-prefeito Ademir Borssato, encaminhou cópia de carta a esta redação, protocolada na Prefeitura de Tatuí. Neste documento político, endereçado ao prefeito José Manoel Correa Coelho, o presidente do PSD cobra do atual chefe do Poder Executivo providências que já são inerentes ao seu cargo. Dentre elas, fazer uma verdadeira “varredura” nos atos administrativos de seus antecessores, “visando a responsabilização pelos supostos danos suportados pelos cofres públicos e os vícios processuais administrativos”, afirma o presidente do PSD.

Nesta carta, o representante do partido de Ademir Borssato – em um velado tom  impositivo – afirma que “a obrigação de velar pelos princípios da legalidade, moralidade, impessoalidade e publicidade, é decorrente do art. 4º da Lei de Improbidade Administrativa, sob pena de configurar crime de prevaricação, dentre outros delitos”. E complementa que o novo prefeito deve reavaliar inúmeros contratos, firmados com a administração anterior, principalmente sobre a locação de veículos, limpeza urbana, pavimentação, fornecimento de combustível e outros contratos afetos à administração pública.

Método é currículo do vice-prefeito

Nos dois últimos anos da administração do ex-prefeito Ademir Borssato, o atual vice-prefeito Vicente Menezes (PT) realizou uma verdadeira devassa na administração municipal. A assessoria de imprensa do prefeito Manú dá ênfase a este ato do vice-prefeito através de “releases” encaminhados à imprensa. Quando de sua posse como secretário de Governo,  seu currículo ostenta: “Foi o autor das denúncias contra o esquema  montado na Prefeitura de Tatuí, que resultou no afastamento do então prefeito em 2004. Assumiu a Prefeitura por 40 dias, promovendo uma verdadeira revolução administrativa, pagando funcionários públicos que estavam com mais de três meses de salários atrasados, regularizando a merenda escolar, a coleta de lixo e ainda investindo na compra de veículos para saúde, no repasse para as entidades assistenciais do município e na redução de impostos, como o ISS, que passou de 5% para 2%”. Estas denúncias feitas por Vicente Menezes resultaram em, aproximadamente, 70 ações cíveis e dezenas de ações  criminais contra o ex-prefeito Ademir Borssato, que ainda tramitam no Poder Judiciário.

Ao ser questionado sobre esta ações contra Borssato,  José Carlos Rocha Paes, advogado do ex-prefeito nestes processos, afirma: “estamos reformando muitas sentenças prolatadas contra o ex-prefeito Borssato e vamos demonstrar, ao longo do tempo, que as denúncias eram infundadas”.

Principais notícias desta edição

DÍVIDAS – GONZAGA SE PRONUNCIA APÓS FECHAMENTO DE BALANCENTE

PARTIDO DE BORSSATO COBRA AÇÃO DO PREFEITO MANU

DÍVIDA DA PREFEITURA DE BOITUVA SUPERA OITO MILHÕES

2013 – ALEGRIA E FRUSTRAÇÃO?, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTONIO JOSÉ MARTINS

IMPOSTO ÚNICO EM 2013, POR MARCOS CINTRA

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

ALUNO DÁ BRASÃO AO MINISTRO CELSO DE MELLO

SINDICATO RURAL OFERECE CURSOS GRATUITOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 8-1-2013)

JUNTA MILITAR CONVOCA JOVENS PARA ALISTAMENTO

QUADRA É MUNICÍPIO VERDE

FALECIMENTOS

SENAI NÃO SERÁ IMPLANTADO NO JARDIM FORTUNATO MINGHINI

CARTILHA ENSINA BOA FORMAÇÃO POLÍTICA (PARTE V)

FUNDO SOCIAL RECEBE DUAS TONELADAS DE ALIMENTOS

VEREADOR PEDE SUSPENSÃO DE APOIO FINANCEIRO AO CARNAVAL

PREFEITO ANUNCIA RETOMADA DE OBRAS EM TRÊS CRECHES

CHUVAM CONTINUAM CASTIGANDO A CIDADE

CIA DO BICHO PROMOVE MUTIRÃO DE CASTRAÇÃO

REDE VIDA VOLTA A FUNCIONAR EM TATUÍ

COLUNA POLICIAL

CAMPANHA REFORÇA VACINAÇÃO CONTRA SARAMPO EM TATUÍ

GUARDA MUNICIPAL INTENSIFICA FISCALIZAÇÃO CONTRA O CEROL

ESCOLA DA FAMÍLIA ABRE INSCRIÇÕES PARA VOLUNTÁRIOS

CLASSIFICADOS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

PREFEITURA PUBLICA LEI CRIANDO DIÁRIO OFICIAL

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

SARAMANDAIA: CENA DE TATUIANA DEVE IMPRESSIONAR

GRUPO DE TATUÍ EM FESTIVAL NO URUGUAI

PREFEITO DETERMINA REFORMA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA

DESEMBARGADOR CASSA DECISÃO QUE CENSURAVA TV TEM

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 11 de Janeiro de 2013

janeiro 11, 2013

Exclusivo Online

VISITANTE ILUSTRE

Foto-gabinete-Manu-Celso

Na terça-feira (8), atendendo convite do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manú, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), compareceu à Prefeitura e foi recebido no gabinete da nova administração municipal. Durante quase duas horas, o decano da Suprema Corte de Justiça do País manteve uma cordial conversação sobre diversos assuntos. O prefeito Manú estava acompanhado de seus assessores Marcos Rogério de Campos Camargo (secretário de Administração) e advogada Lilian Maria Grando Camargo (secretária da Fazenda,  Finanças e Planejamento). Através do Jornal Integração, o ministro tatuiano deixa a seguinte mensagem: “Desejo sucesso pleno ao Senhor Prefeito Municipal e à nova administração que se instala no município, augurando-lhes os melhores votos de muitas realizações e conquistas em favor da coletividade e do povo de Tatuí”.

Principais notícias desta edição

MANÚ AFIRMA NA TV QUE DÍVIDA DA PM É R$ 35 MILHÕES

MINISTRO CELSO VISITA PREFEITURA

ENCONTROS, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

COLUNA FILATÉLICA, CARLOS ROBERTO FAVARÃO

NOTAS E NOTÍCIAS

ESTADO MATRICULA ESTUDANTES

CUSTO DO CONGESTIONAMENTO, POR MARCOS CINTRA

MUNICIPALIDADE REGULARIZA CARTÃO DE ALIMENTAÇÃO

PREFEITO AUTORIZA OPERAÇÃO TAPA-BURACOS

FALECIMENTOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 1-3-1925)

CARTILHA ENSINA BOA FORMAÇÃO POLÍTICA (IV)

PREFEITURA REALIZA REPAROS NO PRONTO SOCORRO

MANÚ EMPOSSA NOS SECRETÁRIOS

COLUNA POLICIAL

DER INTERDITA ESTRADA PARA CONSTRUIR PONTE

PROJETO DA SALES GOMES SELECIONADOS PARA FEIRA DE CIÊNCIAS

ESCOLA REALIZA PROVA DE CONCLUSÃO DA QUARTA SÉRIE

“STAFF” DE GONZAGA ATUA EM PREFEITURAS DA REGIÃO

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

COLUNA DE ESPORTES

MATÉRIAS OFICIAIS (Leis e Decretos da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 6 de Janeiro de 2013

janeiro 4, 2013

Exclusivo Online

MANÚ EMPOSSA  SECRETÁRIOS MUNICIPAIS

Manu discursa na posse dos secretários.

Manu discursa na posse dos secretários.

Na sexta-feira (4), 10 horas, em cerimônia na porta principal da Prefeitura, o prefeito José Manoel Corrêa Coelho (Manú) deu posse aos novos secretários municipais para seu governo. Cinco dos oito secretários já haviam sido anunciados em uma coletiva de imprensa, realizada em novembro de 2012, na Câmara Municipal. No entanto, houve uma mudança: o empresário e ex-vereador José Tarcísio Ribeiro não aceitou o convite para assumir a Secretaria da Fazenda, Finanças e Planejamento, para iniciar desde já o trabalho político, visando uma cadeira de deputado estadual na Assembleia de São Paulo nas eleições de 2014. O grupo político de Manú hipotecou apoio a Tarcísio na empreitada. Na cerimônia desta sexta-feira, o empresário afirmou que, apesar de não fazer parte do governo diretamente, estará na prefeitura todos os dias, para auxiliar na administração do novo prefeito.

Manu e secretários municipais.

Manu e secretários municipais.

Compõem o governo Manú os secretários Marcos Rogério de Campos Camargo (Secretaria Municipal da Administração), Dra. Lilian Maria Grando Camargo (Secretaria Municipal da Fazenda, Finanças e Planejamento), Vicente Aparecido Menezes (Secretaria Municipal de Governo e Segurança Pública), Miguel Lopes Cardoso Júnior (Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude), Isabel Cristina Pires de Campos (Secretaria Municipal da Educação, Cultura e Turismo), Wilson Siqueira (Secretaria Municipal da Infraestrutura e Meio Ambiente), Ronaldo José da Mota (Secretaria Municipal da Indústria e Desenvolvimento Econômico) e o médico José Luiz Barusso (Secretaria Municipal da Saúde).

O vice-prefeito Vicente Menezes, que assume a pasta de Governo e Segurança Pública, falou em nome dos secretários e teceu duras críticas a administração anterior. Segundo ele, o novo prefeito encontrou a cidade praticamente abandonada, com “dívidas que assustam, empenhos cancelados, mato e buracos nas ruas e falta de dinheiro até para o pagamento de salários do funcionalismo e da cesta básica”. O discurso do prefeito Manú seguiu o mesmo tom, mas para ele, todos os problemas se transformam em “gasolina”, combustível que “nos dará ainda mais força para que possamos trabalhar para recuperar a cidade”. Dirigindo-se aos secretários, Manú disse que cada um terá prazo de 90 dias para apresentar propostas e planos de trabalho que possam otimizar os serviços, com redução de gastos. Em seu discurso, o prefeito lembrou mais uma vez sobre diminuição do número de secretarias municipais (de onze para oito), redução dos cargos comissionados na Prefeitura e valorização dos funcionários efetivos e de carreira.

A cerimônia, abrilhantada pelo Coral da Cidade “José dos Santos”, regido pela maestrina Cibele Sabioni, terminou com a passagem em revista da tropa da Guarda Civil Municipal (GCM), que tem um novo comandante. É o capitão José Carlos Ferraz Fiuza, que acompanhou o prefeito Manú diante da corporação. Várias autoridades, vereadores, funcionários públicos, convidados e populares acompanharam a posse dos novos secretários. Na quinta-feira, em sessão extraordinária, aprovou projeto de lei de autoria do Executivo, que dispõe sobre a reforma administrativa e funcional direta do município, com a reestruturação das secretarias e departamentos da Prefeitura de Tatuí. Os 17 vereadores reuniram-se sob a presidência de Oswaldo Laranjeira Filho, e aprovaram por unanimidade a propositura, contendo uma mensagem aditiva. A partir de agora, o vereador Ronaldo José da Mota, que assumiu a Secretaria da Indústria e Desenvolvimento Econômico, será substituído pelo suplente Jorge Sidnei Rodrigues da Costa (Dr. Jorge Sidnei).

Principais notícias desta edição

PMDB ASSUME PREFEITURA E PT A CÂMARA DE TATUÍ

CHUVA TORRENCIAL PROVOCA DANOS EM RUAS DE TATUÍ

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTONIO JOSÉ MARTINS

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

CONSERVATÓRIO ABRE VAGAS PARA O PRIMEIRO SEMESTRE

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 15 E 22-2-1925)

FALECIMENTOS

SPVIAS NÃO REGISTRA VÍTIMAS FATAIS NO FERIADO DE ANO NOVO

SESI SELECIONA PROJETOS CULTURAIS PARA 2013

NOTAS E NOTÍCIAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

LIONS ENTREGA BRINQUEDOS PARA CRIANÇAS DE CRECHE

GENTE (fOTOS E FATOS SOCIAIS)

GOVERNO CEDE TERRENO PARA REATOR EM IPERÓ

ACORDO ORTOGRÁFICO PASSA PARA 2016

CLASSIFICADOS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CAOMINHADA REÚNE 120 PARTICIPANTES

COLUNA DE ESPORTES

MATÉRIAS OFICIAIS (Leis e decretos da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 23 de Dezembro de 2012

dezembro 21, 2012

Exclusivo Online

JUSTIÇA ELEITORAL DIPLOMA ELEITOS

Eleitos de Tatuí - Foto: Evandro Ananias.

Eleitos de Tatuí – Foto: Evandro Ananias.

Na quarta-feira (19) no Teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório de Tatuí, a Justiça Eleitoral diplomou os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos no dia 7 de outubro, nos sete municípios que integram a Comarca: Tatuí, Cesário Lange, Capela do Alto, Guareí, Porangaba, Quadra e Torre de Pedra. A solenidade teve início com a execução do Hino Nacional, através da Orquestra Sinfônica do Conservatório, com a participação do Coro Sinfônico. A seguir, a Dra. Mariana Teixeira Salviano da Rocha, juíza da 140ª Zona Eleitoral, falou às autoridades e convidados, abrindo oficialmente os trabalhos. Antes de iniciar a diplomação dos eleitos, que irão cumprir seus mandatos no período de 2013 a 2016, a orquestra tocou o hino oficial de cada cidade ali representada. Pela primeira vez, os hinos dos sete municípios da Comarca foram executados de forma conjunta em uma cerimônia.

De Tatuí, foram diplomados o prefeito José Manoel Corrêa Coelho (Manú) e o vice-prefeito Vicente Aparecido Menezes (Vicentão), além de 16 dos 17 vereadores eleitos, já que Ronaldo José da Mota (Ronaldo do Sindicato) não compareceu ao evento, em virtude de um imprevisto pessoal, e receberá o diploma posteriormente. Os demais parlamentares diplomados são estes: Alexandre de Jesus Bossolan (Bossolan da Rádio), André Marques (André Norbal), Antonio Carlos Prestes (Pangaré), Antonio Marcos de Abreu (Marquinho da Santa Casa), Carlos Rubens Avallone Júnior (Dr. Avallone), Dione Batista (Dione), Fábio José Menezes Bueno (Dr. Fábio Menezes), Job dos Passos Miguel (Job), José Eduardo Morais Perbelini (Eduardinho Amigo do Povo), José Márcio Franson (José Franson), Luís Donizeti Vaz Júnior (Júnior Vaz), Márcio Antonio de Camargo (Márcio do Santa Rita), Oswaldo Laranjeira Filho (Laranjeira), Rosana Nochele Pontes (Rosana do Supermercado), Valdeci Antonio de Proença (Valdeci Proença Cabeleireiro) e Wladmir Faustino Saporito (Doutor Saporito).

Pela cidade de Capela do Alto, foram chamados para receber seus diplomas o prefeito eleito Marcelo Soares da Silva, o vice Donisete Menck e onze vereadores. Pelo município de Cesário Lange, o prefeito Ramiro de Campos, o vice Ronaldo Pais de Camargo e onze vereadores. Por Guareí, o prefeito João Batista Momberg, o vice Ari Donizete de Barros e nove vereadores. Pelo município de Porangaba, o prefeito João Francisco São Pedro, o vice João Carlos Alves Barros e nove vereadores. Por Quadra, o prefeito Carlos Vieira de Andrade, o vice Alcides Baldassim e nove vereadores. E pela cidade de Torre de Pedra, o prefeito Émerson José da Mota, a vice Maria Rosa Soares Gomes e nove vereadores.

A posse dos eleitos em Tatuí ocorrerá no dia 1º de janeiro, a partir das 10 horas, em solenidade na Câmara Municipal. Nesta ocasião será escolhida, através de eleição entre os vereadores, a nova Mesa Diretora do Legislativo, composta pelo presidente, vice-presidente e dois secretários, para o biênio 2013-14.

REFORMA ADMINISTRATIVA

Na quarta-feira passada, o prefeito eleito José Manoel Correa Coelho apresentou um projeto de reforma administrativa e espera que este seja implementado no primeiro dia de mandato. Para que se concretize esta pretensão, o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo deverá encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal e o Poder Legislativo terá que votar antes do final do ano. Na quarta-feira (26), a Câmara reúne-se extraordinariamente para apreciar um veto aposto pelo Poder Executivo à Lei Orçamentária e um repasse de verba para a área da Saúde. A diretoria do Legislativo tatuiano informa que se o projeto de reforma administrativa chegar antes da sessão extraordinária é possível incluí-lo na pauta de discussões. Caso contrário, a Câmara terá que ser convocada novamente para apreciar o projeto de reforma de Manú.

Segundo consta, o novo prefeito pretende criar a Secretaria de Administração, que será ocupada por Marcos Quadra, e Secretaria de Governo, que será destinada ao vice-prefeito Vicente Menezes (PT). Ainda haverá as secretarias da Fazenda e Finanças (José Tarcísio Ribeiro), Secretaria da Saúde, Secretaria da Educação, Secretaria de Planejamento, Infraestrutura e Meio Ambiente, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e Secretaria de Indústria e Desenvolvimento Econômico. Do projeto também constam mudanças de nomenclaturas para as atuais atividades da Prefeitura Municipal de Tatuí.

Principais notícias desta edição

JORNAL INTEGRAÇÃO NÃO CIRCULA NO PRÓXIMO DOMINGO (30)

ZOOMLION DEVE ANUNCIAR FÁBRICA EM TATUÍ

BANCO MERCANTIL INAUGURA AGÊNCIA NA CIDADE

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

DO CHÃO AO INFINITO, CRÔNICA DE NINA LEONI

FILATELIA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

TEMPO DE ANO NOVO, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

CARTILHA ENSINA BOA FORMAÇÃO POLÍTICA (III)

ENCONTRO CAPACITA PROFESSORES PARA RUGBY

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 25-12-1925)

STF CONCLUI PROCESSO DO MENSALÃO

FALECIMENTOS

REFORMAR PARA CRESCER, POR MARCOS CINTRA

POUPATEMPO COMPLETA DOIS ANOS EM TATUÍ

CLASSIFICADOS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

REDE MUNICIPAL FORMA 3500 ALUNOS

DAPE EXERCE IMPORTANTE PAPEL NA EDUCAÇÃO

VIADUTO DEVERÁ SER INAUGURADO ESTE ANO

PREFEITURA RECUPERA PONTO NA COLINA VERDE

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

GENTE (FOTOS E FATOS SOCIAIS)

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

NOTAS E NOTÍCIAS

SANTA CASA DEVERÁ RECEBER R$ 240 MIL

CÂMARA APROVA AUMENTO DE NÚMERO DE ASSESSORES

MATÉRIAS OFICIAIS

(Edital da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 16 de Dezembro de 2012

dezembro 14, 2012

Exclusivo Online

PROJETO FIXA SALÁRIOS DE PREFEITO, VICE E SECRETÁRIOS MUNICIPAIS

Sessão Extra Câmara Tatuí

Na segunda-feira (10), a Câmara Municipal realizou sessão extraordinária e aprovou projeto de autoria da Mesa Diretora do Poder Legislativo, que fixa o subsídio mensal do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais para o próximo quadriênio, no período de 1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2016. O vereador Vicente Aparecido Menezes ocupou a tribuna e disse que iria abster-se de votar, pelo fato de ter sido eleito vice-prefeito de Tatuí para a próxima gestão. O vereador José Manoel Corrêa Coelho, o Manú, prefeito eleito, não estava presente à reunião.

Segundo o projeto, o prefeito municipal receberá R$ 16.141,53 mensais durante o próximo exercício. O salário do vice-prefeito para o mesmo período governamental foi fixado em R$ 6.935,25. E os subsídios dos secretários municipais, cargo com direito ao 13º salário e férias remuneradas, será de R$ 9.064,08. Diz o texto que é vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie de remuneração. O vice-prefeito, quando for nomeado secretário municipal, deverá optar pelo recebimento do subsídio de um dos cargos.

Na mesma sessão, os vereadores aprovaram, em dois turnos, o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2013, de autoria do Executivo, com receitas estimadas no valor de R$ 230 milhões, e um projeto de resolução de autoria da Mesa do Legislativo, em 1º turno, que dispõe sobre a reorganização da estrutura administrativa da Câmara Municipal. A propositura amplia de 11 para 17 os cargos de assessor parlamentar, em razão do aumento do número de vereadores na mesma quantia, a partir do próximo ano. O projeto ainda passará por discussão e votação em 2º turno. Foram aprovadas ainda cinco moções, incluídas na pauta através de requerimento do vereador Vicente Menezes.

Principais notícias desta edição

MANÚ PODE GASTAR R$ 230 MILHÕES EM 2013

MENSALÃO: CONDENADOS DEVEM RESSARCIR UNIÃO

NASCE O PIBINHO, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

COMPANHEIROS DE VIAGEM, CRÔNICA DE NINA LEONI

DESTAQUES ECONÔNOMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

POTENCIAL DO TURISMO BRASILEIRO, ARTIGO DE MARCOS CINTRA

COLUNA FILATÉTICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

PREFEITURA REGULAMENTA SERVIÇO DE MOTOTAXI

ADVOGADO TATUIANO RECEBE HOMENAGEM NA CAPITAL

PROGRAMAÇÃO NATALINA PROSSEGUE EM TATUÍ

FALECIMENTOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 8-2-1925)

CARTILHA ENSINA FORMAÇÃO POLÍTICA (II)

MANÚ PARTICIPA DE CONVENÇÃO DO PMDB

PROJETO FIXA SALÁRIOS DE PREFEITO, VICE E SECRETÁRIOS

SAPATEADO ENCERRA PROGRAMAÇÃO DO SESI

NOTAS E NOTÍCIAS

ORQUESTRA DE TATUÍ SE APRESENTA EM SÃO PAULO

SPVIAS REALIZA OBRAS NA SP-127

NOVA LOJA EM TATUÍ

CLASSIFICADOS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

COLUNA POLICIAL

CÂMARA ENTREGA TÍTULOS DE CIDADANIA

JORNALISTA LEMBRA ANOS DA DITADURA MILITAR

TATUÍ DEVERÁ TER RESTAURANTE DO HABIB’S

SABESP INAUGURA OBRAS NO JARDIM GRAMADO

MATÉRIAS OFICIAIS (Lei e decretos da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 18 de Novembro de 2012

novembro 16, 2012

Exclusivo Online

MANÚ INDICA MARCOS QUADRA COORDENADOR DA TRANSIÇÃO

Vanessa, Marcos Quadra e Lilian no curso do CEPAM.

Manú reúne-se com a equipe de transição.

Na quarta-feira (14), em reunião na Câmara Municipal de Tatuí o prefeito eleito José Manoel Correa Coelho (PMDB), o Manú, determinou que Marcos Rogério de Campos Camargo, o Marcos Quadra (futuro secretário de Administração), será o coordenador de sua equipe de transição, composta pela advogada Lilian Maria Grando de Camargo e pelo empresário José Tarcísio Ribeiro.

Dia 12 de novembro, o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo editou o Decreto 13.528 e regulamentou o procedimento da transição de governo em Tatuí. O ato oficial do Poder Executivo prevê a criação de duas equipes de trabalho. Gonzaga nomeou a secretária de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Habitacional, Juliana Rossetto Leomil Mantovani, e o secretário de Governo e Negócios Jurídicos, Markus Henrique Tavares Gonsalves da Silva, para representar o atual governo municipal.

A equipe de transição irá se reunir em sessões públicas na Câmara Municipal, entre os dias 21 de novembro e 20 de dezembro. A reunião preliminar aconteceu na quarta-feira passada, onde foram delineados alguns procedimentos. A partir do dia 21, as reuniões serão periódicas, sempre às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 8h30 e 14 horas. Qualquer cidadão poderá acompanhar os trabalhos e ouvir as explanações. Gonzaga pediu que os relatórios apresentados sejam posteriormente divulgados na internet, no site da Prefeitura de Tatuí, paras que todos os cidadãos tenham acesso às informações. As atas das reuniões de transição também serão divulgadas pelo meio eletrônico.

O prefeito eleito Manú assegura que as informações requisitadas tratarão de assuntos relacionados às contas e dívidas públicas, inventário de bens, programas e projetos geridos pela municipalidade, convênios e contratos administrativos, funcionamento e composição de órgãos da administração direta e indireta, além de relação de cargos e salários, empregos e funções públicas.

O decreto municipal determina ainda que os dados solicitados têm prazo máximo de 15 dias para chegar ao conhecimento do prefeito eleito e sua equipe. Manú elogia a celeridade imposta pelo decreto de transição e afirma: “contaremos com agilidade por parte da equipe designada pela Prefeitura. O período de transição, por decisão do atual prefeito, será entre os dias 21 de novembro e 20 de dezembro. O limite determinado de duas semanas, para entrega de documentos solicitados é significativamente extenso, quase metade do tempo total do processo”.

Na segunda-feira (12), Marcos Quadra, Lilian Grando e Vanessa Pinheiro Carvalho, gestora de finanças, participaram de um curso sobre transição, ministrado pelo Centro de Pesquisas de Administração Municipal (CEPAM), da Fundação Prefeito Faria Lima, na Cidade Universitária, em São Paulo. Nesta aula sobre transição de governo, técnicos do CEPAM apresentaram algumas diretrizes e procedimentos para condução do trabalho. Os professores disponibilizaram planilhas, que devem ser adaptadas às especialidades de cada região. Essas ações de governo têm o objetivo principal de não penalizar a população com descontinuidade de serviços por causa da mudança.

O prefeito eleito Manú expediu um boletim através de sua assessoria de imprensa. Neste pronunciamento, ele mostra-se animado com o gesto do prefeito Gonzaga e interpreta como “uma preciosa colaboração para o fortalecimento do processo democrático e das instituições de nosso município”. Neste depoimento, no entanto, ele manifesta preocupação com alguns cortes realizados no setor público municipal, em especial após as eleições de outubro. “Recebemos todos os dias, denúncias e reclamações, por parte da população, sobre entrega de viaturas da Guarda Civil Municipal, veículos do setor de saúde, motocicletas da fiscalização e ainda sobre redução na realização de exames, corte nos remédios de alto custo, sem falar na demissão dos estagiários. Sou totalmente contrário à interrupção dos serviços e a população não pode ser penalizada. Infelizmente, somente poderemos restabelecer totalmente a Prefeitura a partir de janeiro”, afirma Manú. Por outro lado, o prefeito Gonzaga, ao anunciar o processo de transição através de suas emissoras de rádio afirma que “criou-se um boato que a administração parou com vários serviços, o que não é verdade. E isto ficará claro durante este período de transição”.

Principais notícias desta edição

PREFEITO GONZAGA EDITA DECRETO DE TRANSIÇÃO

EQUIPES DO XI CONQUISTAM TÍTULO REGIONAL DE FUTEBOL

DEPUTADO APRESENTA EMENDAS QUE BENEFICIAM TATUÍ

CYBELAR ADQUIRE LOJAS COLOMBO NO ESTADO DE SÃO PAULO

MINISTRO TATUIANO LIBERA VOTO DE FETOS ANENCEFÁLICOS

TOLERÂNCIA DE ZERO A MIL, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTONIO JOSÉ MARTINS

MUNICÍPES RECLAMAM DE SINAIS DE TV (COLUNA DESABAFO)

O INEFICIENTE IVA EM XEQUE, ARTIGO DE MARCOS CINTRA

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

COLUNA GENTE (FOTOS E FATOS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

MUTIRÃO ATENDE CRIANÇAS NO SÃO CRISTOVÃO

COLETA COM 300 DOADORES EM TATUÍ

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS

MUSEU PAULO SETÚBAL EXIBE FILMES NACIONAIS

GRUPOS APRESENTAM ÓPERA SOBRE MITOLOGIA GREGA

ESTADO COM VAGAS PARA CURSO DE INGLÊS ON-LINE

CAMPANHA ARRECADA BRINQUEDOS PARA CRIANÇAS CARENTES

JARDIM SANTA RITA CONTA COM FEIRA LIVRE

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

TRANSIÇÃO DE GOVERNO TERÁ AUDIÊNCIAS NA CÂMARA

FUTURO VICE-PREFEITO CRIA COMPLEXO DE COMUNICAÇÃO NA PREFEITURA

VEREADORES APROVAM NOVE PROJETOS NA CÂMARA DE TATUÍ

FALECIMENTOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (Jornal Ridendo – 18-11-1925)

CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA OAB VISITA TATUÍ

CONSERVATÓRIO DIVULGA VENCEDORES DE CURURU

COLUNA POLICIAL

CORREIOS LANÇAM CAMPANHA PAPAI NOEL 2012

COLUNA DE ESPORTES

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais de Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca, 26 Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB -, Aviso de Audiência Pública na Câmara Municipal de Tatuí

Destaques de 15 de Julho de 2012

julho 13, 2012

Exclusivo Online

MEDEIROS ACREDITA QUE VAI CONCORRER À ELEIÇÃO

Márcio Medeiros, candidato a vice-prefeito do Partido Verde (PV), que entende ainda ser o presidente desta agremiação política, acredita que Júlio Vila Nova vai concorrer a prefeito de Tatuí na eleição de 2012. Existe uma demanda judicial entre dois grupos políticos dentro do Partido Verde (PV). O caso terminou no Poder Judiciário e duas liminares foram expedidas. Segundo Márcio Medeiros, a liminar concedida pela 3ª Vara Cível de Tatuí devolveu a ele a presidência da comissão provisória do PV de Tatuí. Para Medeiros, “no agravo pleiteado pelo outro grupo, a juíza do Tribunal de Justiça não invalidou a  liminar concedida em Tatuí. Somente derrubou um dos itens da liminar, que tratava da questão da convenção, impedida de ser realizada no dia 29 de junho, mas que, através do Agravo de Instrumento, foi realizada no dia 30 de junho”. E Márcio completa: “fomos impedidos de realizar nossa convenção na Câmara Municipal. Por isso, fizemos na praça em frente do Legislativo e lavramos um boletim de ocorrência (BO), no qual tomamos as devidas providências”. Por fim, Medeiros afirma que “já estamos com as candidaturas de prefeito e vereadores devidamente registradas”.

As candidaturas somente passam a ser registradas depois de devidamente homologadas pela Justiça Eleitoral.

Principais notícias desta edição

JUSTIÇA ELEITORAL DEVERÁ DECIDIR DESTINO DO PV EM TATUÍ

FALECE O MÚSICO JOSÉ ROBERTO BERTRAMI

JORNAL PRESTA HOMENAGEM À REVOLUÇÃO DE 1932

ZERO  A ESQUERDA, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

PARÓQUIA PROMOVE FESTA DA MANDIOCA

GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CAIXA INAUGURA NOVA AGÊNCIA EM TATUÍ

CURSO ENSINA A ELABORAR CURRÍCULO

TATUÍ COMEMORA DIA DO ROCK

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS

CANDIDATOS SOLICITAM REGISTRO NA JUSTIÇA ELEITORAL

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO -5-10-1924)

GONZAGA RECEBE CERTIFICAÇÃO PREFEITO AMIGO DA CRIANÇA

VIADUTO EM CONSTRUÇÃO DEVE LIGAR DOIS BAIRROS DE TATUÍ

GOVERNO FEDERAL DOA MICRO-ÔNIBUS PARA TATUÍ

PADRE MINISTRA CURSO DE TEOLOGIA NA SAGRADA FAMÍLIA

FALECIMENTOS

GOVERNO ANUNCIA VAGAS PARA CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

OITENTA ANOS DA REVOLUÇÃO DE 1932

FIÉIS PARTICIPAM DA MARCHA PARA JESUS NA CONCHA

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

PAT, BANCO DO POVO E PROCON EM NOVO ENDEREÇO

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 8 de Julho de 2012

julho 6, 2012

Exclusivo Online

PARTIDOS POLÍTICOS DEFINEM CANDIDATURAS EM TATUÍ

Manú é o candidato do PMDB.

Luiz Paulo e Voss são candidatos do PSDB.

Borssato e seus simpatizantes na convenção do PSD.

Dia 30 de junho expirou o prazo para que os partidos políticos realizem suas convenções municipais para escolha de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores. Como este jornal já havia adiantado há algumas semanas, foram confirmadas as candidaturas de Luiz Paulo Ribeiro (PSDB), Ademir Borssato (PSD) e José Manoel Correa Coelho (PMDB). Dia 7 de outubro, estes três candidatos, se não houver algum incidente, deverão disputar a Prefeitura de Tatuí.

O Partido Verde (PV), que deveria lançar o candidato Júlio Vila Nova, se envolveu em uma demanda judicial. O engenheiro Márcio Medeiros perdeu o comando da agremiação política e a presidência da Comissão Executiva Provisória ficou com Ada Vaz. A nova  direção do PV deliberou que vai apoiar o candidato Luiz Paulo Ribeiro, indicado pelo prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

Chapa de vereadores: Nesta eleição, os partidos políticos estão obrigados, a preencher, com candidaturas femininas, pelo menos 30% das vagas destinadas à disputa por mandatos legislativos (vereadores). Nesta quinta-feira (5), prazo máximo para registros de candidaturas, de acordo com o calendário eleitoral, se os partidos descumprirem determinação legal, correrão o risco de verem impugnados e negados todos os seus pedidos de registro de candidaturas masculinas. Para conhecedores de Direito Eleitoral, não se trata de meramente “reservar” 30% das vagas com candidaturas femininas. Trata-se de consequência jurídico-eleitoral de proporções gravíssimas, caso descumprida essa imposição estabelecida na legislação eleitoral.

No início desta semana, o Jornal Integração solicitou as listas de candidatos a vereador de todos os partidos políticos aptos a disputarem as eleições em Tatuí. O prazo máximo para registro de candidaturas na Justiça Eleitoral foi esta quinta-feira (5 de julho). José Orlando da Cruz, representante do PSD, Vicente Menezes, do PT, e Renato Pereira de Camargo, do PSDB, se comprometeram em enviar, até quarta-feira (4), a relação de seus candidatos, para conhecimento público. Destes representantes de partido, apenas Renato Pereira de Camargo cumpriu rigorosamente o prazo. Nesta edição, este semanário publica notícias sobre as convenções, manifestação do grupo Práxis e a lista completa de candidatos a vereador que apóiam Luiz Paulo Ribeiro. Oportunamente, assim que seja disponibilizado pela Justiça Eleitoral, as listas de outras coligações também serão divulgadas. Veja noticiário completo na edição impressa deste fim de semana, nas bancas de Tatuí.

Principais notícias desta edição

PARTIDOS POLÍTICOS DEFINEM CANDIDATURAS EM TATUÍ

MARCHA PARA JESUS MOBILIZA POPULAÇÃO

MINISTRO TATUIANO RECEBE MENOR SALÁRIO NO STF

SOU UM ALIENÍGENA, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

O MELHOR AMIGO, CRÔNICA DE NINA LEONI

ESGOTAMENTO DE UM MODELO, ARTIGO DE MARCOS CINTRA

ALCOOLICOS ANÔNIMOS EM NOVA SEDE EM TATUÍ

GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

PREFEITURA ENTREGA ÁREA DE LAZER NO JARDIM WANDERLEY

GUARDA MUNICIPAL INTENSIFICA FISCALIZAÇÃO A CEROL

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ EM CONGRESSO

PARQUE MARIA TUCA RECEBE 300 MUDAS DE ORQUÍDEAS

PV DE TATUÍ FAZ NOVA CONVENÇÃO E APOIA CANDIDATO DO PSDB

BORSSATO É O CANDIDATO DO PSD

MANÚ SE POSICIONA COMO NOVA OPÇÃO

JOVENS PARTICIPAM DO MOVIMENTO POLÍTICO DE TATUÍ

JUSTIÇA ELEITORAL AMPLIA HORÁRIO DE ATENDIMENTO

RELAÇÃO DE CANDIDATOS A VEREADORES EM TATUÍ

COLUNA DE ESPORTES

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (RIDENDO – 28-9-2012)

FALECIMENTOS

AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE GANHAM ABONO

TARCÍSIO RIBEIRO NÃO É CANDIDATO A VEREADOR

CONVÊNIO GARANTE MELHORIAS EM CONJUNTOS HABITACIONAIS

TATUÍ ASSINA CONVÊNIO EM PROGRAMA DE APOIO TECNOLÓGICO

SPVIAS INICIA CAMPANHA DE SEGURANÇA SOBRE NEBLINA

SINDICATO OFERECE CURSOS GRATUITOS

CAIXA FEDERAL INAUGURA MAIS UMA AGÊNCIA EM TATUÍ

CULTOS CELEBRAM ANIVERSÁRIO DE IGREJA EVANGÉLICA

COMUNIDADE EM FESTA EM LOUVOR A SANTA PAULINA

TATUÍ ATINGE META DE VACINAÇÃO CONTRA POLIO

TATUIANO NO PROGRAMA “QUEM FICA EM PÉ?”, NA BAND

BANDA LYRA APRESENTA-SE EM CAMPOS DO JORDÃO

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

COLUNA POLICIAL

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).


%d blogueiros gostam disto: