Archive for maio \25\UTC 2012

Destaques de 27 de Maio de 2012

maio 25, 2012

Exclusivo Online

48 CASAIS UNEM-SE EM MATRIMÔNIO NA CONCHA ACUSTÍCA EM TATUÍ

Nas edições anteriores, como mostra a foto, a festa foi concorrida.

Neste sábado (26), a partir das 19 horas, o Fundo Social de Solidariedade de Tatuí organiza na Concha Acústica Municipal “Maestro Spártaco Rossi”, a sexta edição do Casamento Comunitário, com a participação de 48 casais.

Durante o evento religioso, será celebrada uma cerimônia ecumênica. As alianças, bolos, vestidos, buquês de flores, maquiagem, penteados, transporte, dia da noiva, fotos e convites, foram fornecidos gratuitamente para todos os noivos, através de uma parceria entre o Fundo Social, empresas da cidade e diversos profissionais. Durante a cerimônia, os casais participam do sorteio de viagens de lua-de-mel, com todas as despesas pagas.

“O objetivo principal do Casamento Comunitário é investir na formação da família”, afirma a primeira-dama Maria José Vieira de Camargo, presidente do Fundo Social de Solidariedade. Nas cinco edições anteriores do Casamento Comunitário, 220 casais foram beneficiados.

Principais notícias desta edição

TATUÍ TERÁ CONSELHO MUNICIPAL ANTIDROGAS

CAMINHOS, CRÔNICAS DE J. RIGOLÃO

RETRATO DE UM VAZIO, CRÔNICA DE NINA LEONI

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

COMO GERENCIAR JOVENS TALENTOS, POR DANIEL GOULART

PREFEITURAS E CÂMARAS DEVEM SE SUBMENTER À LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

HISTÓRIA DA MPB – DUPLAS CAIPIRAS, POR JOEL FERREIRA

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

OPRESSÃO, POESIA DE PAULO COSTA – PACCO

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

CONSERVATÓRIO PROMOVE ENCONTRO DE METAIS

SINDICATO OFERECE CURSOS GRATUITOS

SESI SELECIONA PROJETOS CULTURAIS

CONJUNTO DE METAIS NA PRAÇA DA MATRIZ

ITAPETININGA RECEBE SELETIVA DO “GAROTA REVISTA”

CLASSIFICADOS (IMÓVEIS, VEÍCULOS E OUTROS)

TATUÍ GERA NOVOS EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA

PREFEITURA PROMOVE NOVO MUTIRÃO DO PESO

COBAT PEDE SEGURANÇA EM PONTE DE RIBEIRÃO

VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

TATUÍ E SUA HISTÓRIA – RIDENDO – 31-8-1924

FALECIMENTOS

SPVIAS DOA COBERTORES PARA CAMPANHA DO AGASALHO

VEREADOR ANUNCIA VERBA PARA UBS

ALUNOS PARTICIPAM DE OFICINA DE CULINÁRIA

CONTA DE ÁGUA É IMPRESSA NO MOMENTO DA LEITURA

LOUSAS DIGITAIS IMPLANTADAS EM BOITUVA

FUNDO SOCIAL PROMOVE CASAMENTO COMUNITÁRIO

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais e Relatório de Gestão Fiscal da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Anúncios

Destaques de 20 de Maio de 2012

maio 18, 2012

Exclusivo Online

PROJETO CRIA CONSELHO MUNICIPAL ANTIDROGAS EM TATUÍ

Na terça-feira (15), na sessão da Câmara Municipal, os parlamentares aprovaram, em 1º turno, projeto de lei de autoria do Poder Executivo, que cria em Tatuí o Conselho Municipal Antidrogas (COMAD), órgão ligado à Secretaria de Saúde, de caráter consultivo e orientador, com os objetivos de coordenar, desenvolver e estimular programas e atividades de prevenção da disseminação do uso indevido e abuso de drogas, estimular e cooperar com os serviços que visem encaminhamento e tratamento de dependentes, formular sugestões para ações de fiscalização e repressão executadas pelo Estado e União, e estimular estudos e pesquisas sobre o problema do uso de drogas, dentre outras ações e incumbências.

O vereador Vicente Menezes, que também apresentou uma propositura semelhante no Poder Legislativo, ocupou a tribuna e pediu para que, antes da votação em 2º turno, na próxima sessão, seja acrescentada uma emenda ao projeto, criando também o Fundo Municipal de Políticas Públicas Sobre Álcool e Drogas (FUMPAD). Vicente solicitou ainda respeito ao princípio da paridade, para que o conselho seja composto por 50% de membros do Poder Público e 50% da sociedade civil. “Desta forma, a sociedade civil terá representatividade junto ao órgão”, explica Vicente. O parlamentar Paulo Borges também falou na tribuna sobre a importância da criação deste conselho e do fundo municipal, pois o problema das drogas é grave nos dias atuais e necessita ser combatido, com o auxílio da sociedade.

Outro projeto de autoria do Poder Executivo, alterando dispositivo da Lei Municipal nº 3.798/06, que dispõe sobre a contratação de empregados públicos por tempo determinado, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, recebeu pedido de vista do vereador José Roberto Xavier da Silva. O parlamentar quer estudar melhor o teor desta propositura e da emenda a ela apresentada, antes de submetê-la à discussão e votação.

Em seguida, o vereador Wladmir Faustino Saporito, presidente da Casa de Leis, convocou uma sessão extraordinária, para a votação em dois turnos de seis projetos, quatro do Poder Executivo e dois do Poder Legislativo. Todos foram aprovados. O primeiro altera um artigo da Lei Municipal nº 2.272/90, que autoriza a concessão de direito real de uso de imóvel à Sociedade Beneficente “Força Para Viver”. Esta mudança sobe de trinta para setenta anos o direito da entidade de usar o imóvel localizado no Bairro dos Fragas, para seus trabalhos sociais.

O segundo projeto, de autoria do Executivo, insere parágrafo ao artigo 19 da Lei Municipal nº 4.228/09, que dispõe sobre a utilização, ocupação e parcelamento do solo no município de Tatuí. A justificativa diz que o objetivo é aumentar o coeficiente de aproveitamento máximo das Zonas “ZU7” (Central), “ZU8” (Corredor Comercial/Serviços 1) e “ZU9” (Corredor Comercial/Serviços 2), uma vez que, em razão do desenvolvimento de Tatuí, existe vasta procura para implantação de empreendimentos nos locais citados. O vereador Vicente Menezes foi à tribuna e teceu sérias críticas à aplicação desta lei, que em sua opinião, apresenta irregularidades e estaria sendo utilizada em benefício de pessoas ligadas à administração municipal.

O terceiro projeto do Poder Executivo dispõe sobre os licenciamentos, renovações e serviços diversos da Vigilância Sanitária. A justificativa explica que a propositura é necessária para regulamentar licenciamentos e renovar as licenças de estabelecimentos por parte da Vigilância, em consonância com o estabelecido no Sistema Interado de Licenciamento (SIL). O quarto projeto do Executivo altera o artigo 2º da Lei Municipal nº 3.208/99, que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Turismo (Comtur). A mudança tem como objetivo atualizar os segmentos representados no conselho.

Por fim, foram aprovados dois projetos do Legislativo, que concedem títulos de “Cidadania Tatuiana”. O primeiro, apresentado pelo vereador Vicente Menezes, outorga esta honraria para Fernando Sebastião, atual presidente do Esporte Clube São Martinho. E o segundo projeto, assinado pelo parlamentar Oséias Rosa, concede o título ao reverendo Samuel Ferreira, presidente da Assembleia de Deus do Brás, em São Paulo, ocupante de diversos cargos de projeção nesta igreja e que realiza trabalhos evangelísticos e sociais em Tatuí, através da Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira.

Principais notícias desta edição

TURISTA DE TATUÍ FOI MORTA POR ENGANO NA BAHIA

TATUÍ ENFRENTA CIDADE DA GUATEMALA NO DIA DO DESAFIO

BISPO DEVERÁ INAUGURAR NOVA CAPELA DO ASILO

SPVIAS LIBERA TRECHO DUPLICADO DA RAPOSO

O DIREITO À INFORMAÇÃO, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

COLUNA DESABAFO (LEITOR STÊNIO JOSÉ BOSSO)

NO TEMPO DAS ENCICLOPÉDIAS, CRÔNICA DE NINA LEONI

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

ARTISTA DE TATUÍ PREMIADA EM RIO CLARO

GENTE (NOTAS SOCIAIS E FOTOS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

PREFEITURA LANÇA CONCURSO PAULO SETÚBAL

PROFESSOR RESGATA OBRAS DE NACIF FARAH

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CONVÊNIO BENEFICIA CESÁRIO LANGE

CLASSIFICADOS (IMÓVEIS, VEÍCULOS E OUTROS)

INSCRIÇÕES PARA VESTIBULAR DAS FATECS

GRUPO DE TATUÍ SE APRESENTA EM FESTIVAL NO PARANÁ

CAMPANHA DO AGASALHO TERÁ MUTIRÃO NESTE SÁBADO

COLUNA DE ESPORTES

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (RIDENDO – 24-8-1924)

NOTAS E NOTÍCIAS

MORADORES DO BELA VISTA PEDEM ASFALTO NAS RUAS

CONSELHO DISCUTE CRIAÇÃO DE UNIDADE DE SAÚDE NO THOMAZ GUEDES

BAZAR DO DIA DAS MÃES É SUCESSO DE PÚBLICO

SESI ANUNCIA PROJETO SUPERFÉRIAS

FALECIMENTOS

COLUNA POLICIAL

EMPRESA NOMA DEVE INICIAR CONSTRUÇÃO EM TATUÍ

SHACMAN SE INSTALA EM CARUARU E MANTÉM LABORATÓRIO EM TATUÍ

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

MATÉRIAS OFICIAIS (Leis e decretos da Prefeitura de Tatuí, Ato da Câmara Municipal de Tatuí, Relatório de Gestão Fiscal da Câmara de Capela do Alto, editais do Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 13 de Maio de 2012

maio 11, 2012

Exclusivo Online

CONTRATO DA SHACMAN NA BAGAGEM

Governador Eduardo Campos na China, em foto do site do Governo de Pernambuco.

Na quarta-feira (9), o governador Eduardo Campos informou oficialmente que o estado de Pernambuco vai produzir caminhões da marca Shacman a partir de 2013. O investimento de R$ 1 bilhão foi fechado, após visita do governador a uma das fábricas da estatal chinesa Shaanxi Automobile Group (SAG). O nome Shacman resulta da parceria tecnológica firmada entre a SAG e a MAN, do grupo Volkswagen.

A princípio  o investimento da Shacman estava previsto para Tatuí. A empresa adquiriu um terreno de cinco alqueires na Rodovia SP-127, em frente ao novo Fórum da Comarca. O então secretário do Desenvolvimento, Sérgio Galvão, chegou a anunciar a instalação da fábrica no município. No entanto, exigências ambientais desestimularam a diretoria da empresa a se instalar em Tatuí. Mesmo assim, a Shacman mantém ainda no início da Rodovia Mário Batista Móri (Tatuí/Cesário Lange) o laboratório Metro-Shacman, para testes dos caminhões que serão produzidos no Brasil. José Fernando Leite de Campos, ao comentar sobre a instalação da Shacman em Caruaru, em Pernambuco, atribui a escolha à presidente Dilma Rousseff. “Foi um pedido da presidente para fixar os trabalhadores neste estado brasileiro”, diz o diretor da Meta-Shacman. Em recente matéria publicada pelo Jornal Integração, o empresário João Comeli, diretor de produtos da Metro-Shacman no Brasil, informa que sua empresa é a primeira montadora a disponibilizar os motores Euro 5/Conama P7 no mercado brasileiro e todo o trabalho de desenvolvimento do caminhão está sendo realizado em Tatuí. Nesta matéria, ao se referir aos investimentos da multinacional chinesa, disse que a Metro-Shacman deverá instalar seu centro de distribuição em Tatuí, em terreno já adquirido para esta finalidade  e que as exigências ambientais, que atrapalharam o projeto da multinacional chinesa, vão ser cumpridas. Comeli informou ainda que a revenda da Shacman, a ser  instalada em Boituva, às margens da Rodovia Castelo Branco, para conquistar a clientela brasileira, vai apostar na tecnologia, qualidade do produto e preços competitivos.

INVESTIMENTOS DE R$ 1 BILHÃO

De acordo com o site oficial do Governo de Pernambuco, o governador Eduardo Campos, que na quarta-feira ainda estava na China, informa que a conquista da fábrica consolida o polo automotivo de Pernambuco e ajuda a manter o crescimento da economia do estado. “O grande trabalho é para que, em vez de só comprar produtos da China e gerar empregos aqui, a gente possa levar empresas chinesas para gerar empregos em Pernambuco”, disse Eduardo, em entrevista por telefone direto de Xi’an, capital da província de Shaanxi.  A fábrica será a primeira do complexo industrial automotivo para fabricação de caminhões e ônibus, que será instalado em Caruaru, às margens da BR-104. Ela irá produzir cinco modelos de caminhões que juntos somam 20 configurações. De olho na crescente demanda pelos veículos do tipo BRT (Bus Rapid Transit), a planta também construirá chassis e carrocerias para ônibus.

“O mais importante é que eles pretendem alcançar mais de 65% de nacionalização e, para isto, devem fabricar também os motores, a transmissão e os eixos para caminhão e ônibus em Pernambuco”, adiantou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio. A Shacman já possui uma central de distribuição no Porto do Recife. A expectativa é de que sejam gerados mais de mil empregos diretos na operação da fábrica. Os caminhões pesados e extra-pesados produzidos no Agreste pernambucano serão distribuídos para toda a América do Sul. As obras de construção da planta industrial começam ainda este ano e vão durar cerca de dez meses. Depois disso, a previsão da companhia é que sejam fabricados inicialmente 10 mil veículos por ano. Número que deve dobrar até 2017. As negociações da Shacman com o Governo de Pernambuco foram iniciadas em outubro do ano passado através da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). Além do estado, a montadora avaliou opções em São Paulo e no Ceará. Em dezembro, uma comitiva formada por empresários brasileiros e chineses reuniu-se com o governador Eduardo Campos para tratar da consolidação do negócio. O passo seguinte foi a ida do grupo a Caruaru para a escolha do terreno. A área tem 220 hectares e já foi desapropriada. Em fevereiro, representantes do Governo do Estado foram à Shaanxi conhecer as fábricas do grupo e dar continuidade à negociação. O Governo do Estado concederá incentivo fiscal de 95% sobre o saldo devedor do ICMS, segundo as regras do Programa de Desenvolvimento do Setor Automotivo do Estado de Pernambuco (Prodeauto). A empresa também receberá incentivos municipais (isenção de IPTU por dez anos). SOBRE OS INVESTIDORES – A Shaanxi Automobile Group Co. possui 11 subsidiárias e está listada entre as 200 maiores empresas chinesas, ocupando o 40° lugar entre as companhias mecânicas do país. Possui mais de 13.000 empregados, sendo 2.000 engenheiros. Atualmente produz cerca de 200.000 caminhões e ônibus por ano e distribui seus produtos nos cinco continentes.

JORNALISTA DA FOLHA DE S. PAULO DESMENTE INFORMAÇÃO

Neste sábado (12), às 17h42, a Folha de S. Paulo Online postou em seu site informação do jornalista Fabiano Maisonnave, de Pequim, negando o acordo da fabricante chinesa de caminhões para instalar a fábrica em Pernambuco. “A fábrica ainda está em negociação”, disse à Folha, por telefone, a responsável pelos negócios da SAG na América Latina, Wei Xinjuan. Ela se negou a dar detalhes sobre o projeto”. Veja link: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1089580-fabricante-chinesa-de-caminhoes-nega-acordo-para-fabrica-no-pe.shtml

Principais notícias desta edição

JUDICIÁRIO NÃO CONCEDE LIMINAR E BORSSATO INSISTEM EM CANDIDATURA

PREFEITURA INAUGURA AMPLIAÇÃO DE ESCOLA RURAL

INVEJA NÃO MATA, CRÔNICA DE JOSÉ RIGOLÃO

O FILHO ETERNO, CRÔNICA DE NINA LEONI

HISTÓRIA DA MPB, POR JOEL FERREIRA

COLUNA DESABAFO (POR DILCEU VIEIRA)

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

PROIBIDA PROPAGANDA ANTECIPADA OU IRREGULAR (ELEIÇÕES)

INFIEL É CASSADO NO TRE-SP

GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

PREFEITURA CONSTRUIRÁ CASAS PARA MORADORES EM ÁREA DE RISCO

FALECE DE NADAI, EX-PREFEITO DE CERQUILHO

VAGAS NAS ETECS

ALUNA RECEBE MENÇÃO HONROSA EM OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA

227 PESSOAS DOAM SANGUE PARA O HEMONÚCLEO DE JAÚ

ARTISTA PLÁSTICO EXPÕE NO POUPATEMPO

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS (VEÍCULOS, IMÓVEIS E OUTROS)

CURSO DE PANIFICAÇÃO FORMA TURMA NOTURNA

LAR SÃO VICENTE PREPARA FESTA DA CARIDADE

PREFEITURA INAUGURA PRAÇA NO JARDIM SABA

PALESTRA NA FATEC ABORDA LOGÍSTICA DO TRANSPORTE

ALCKMIN ASSINA CONVÊNIOS BENEFICIANDO A REGIÃO

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (RIDENDO – 17-8-1924)

MÉDICOS DISCUTEM PRESSÃO ARTERIAL

FALECIMENTOS

PROJETO PREVÊ REUTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA

SESSÃO SOLENE COMEMORA DIA DA ORDEM DEMOLAY

COBAT AGUARDA RESPOSTAS SOBRE CENTRO DE HEMODIÁLISE

PROJETO AUTORIZA PAGAMENTO DE AUXÍLIO-TRANSPORTE

QUADRA RECEBE MOSTRA DE TEATRO

COLUNA POLICIAL

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 6 de Maio de 2012

maio 4, 2012

Exclusivo Online

PILOTO TATUIANO JÁ FICOU 15 MIL HORAS NO CÉU 

 O comandante Samuel Loureiro Braga está na aviação profissional desde 1979.

O comandante Samuel Loureiro Braga, 53 anos, está na aviação profissional desde 1979. Sua paixão  sempre foi voar. O tatuiano já pilotou desde planadores até o Boeing 747-400, que transporta quase quinhentos passageiros. Samuca, como é conhecido entre familiares e amigos, conhece as principais cidades de quatro continentes (América, Europa, Ásia e África). Nesta entrevista, exclusiva ao Jornal Integração, ele fala sobre segurança de voo, sua carreira, que se iniciou no Aeroclube de Planadores de Tatuí, fatos curiosos que ocorrem no interior das grandes aeronaves e dá um depoimento surpreendente e carinhoso, ao responder a última pergunta feita pelo editor deste semanário. Veja abaixo a íntegra da entrevista:

ÍNTEGRA DO DEPOIMENTO DO PILOTO

Integração – Atualmente, qual avião pilota, em que país e qual cargo exerce?

Samuel – Atualmente, sou comandante e voo um Boeing 737NG, modelos 700, 800 e 900, da empresa Shenzhen Airlines, subsidiária da Air China, na China Comunista.

Integração – Desde criança sua paixão foi a aviação. Com quantos anos você começou a se interessar pela aeronáutica?

Samuel – Não me lembro quando despertou o interesse.  Mas, me recordo de voar com meu pai (Braguinha), nos “teco-tecos” do Aeroclube de Tatuí. Nesta época, tinha por volta de 6 anos e meu pai deixava eu pilotar, sob seu controle. Tem uma foto deste voo no meu Facebook.

Integração – Tatuí sempre teve campo de aviação, como era chamado na década de 1950. Onde você começou o seu aprendizado?

Samuel – Comecei a voar em Tietê (década de 1970), porque na época não mais operava o antigo Aeroclube de Tatuí. Por ação do dr. Nogueira, Acassil Camargo e meu pai, o Braguinha, o Aeroclube de Planadores, que estava instalado em Tietê, foi transferido para Tatuí. E aí, em Tatuí, conclui meus “brevets” de planador e avião, na condição de piloto privado. Em janeiro de 1979, passei a exercer a atividade de instrutor de planador. No início dos anos 80, estudei na Escola Superior de Aeronáutica, em São Paulo Também frequentei aulas no Aeroclube de São Paulo, para finalizar meus brevets de piloto comercial, voo por instrumentos e multimotores. Voei também helicóptero, nos Estados Unidos.

Integração – A carreira na aviação é árdua e de constante aprendizado. Qual a sua idade e quantos anos levou para chegar ao cargo de comandante?

Samuel – Completei 53 anos em janeiro. Em junho de 1987, Ingressei na Rio-Sul como co-piloto de avião Bandeirante. Em março de 88, comecei a voar o Boeing 737-200, na condição de co-piloto na Varig. Em novembro de 1990, passei a voar um DC-10, em linhas internacionais. De 1992 a 1994, voei o Boeing 747-400. Voltei para o DC-10 e fiquei como co-piloto até março de 1999. Em outubro daquele ano, fui promovido a comandante de 737-200. Portanto, foi uma trajetória de 12 anos para ser comandante. Hoje, totalizo mais de 15.000 horas de jato, metade delas como comandante.

Integração – Um Boeing 747-400 pode transportar 416 passageiros, em três classes, mais a tripulação. Qual é a sensação de se sentir responsável no comando de um grande jato?

Samuel – Profissionalmente falando, não sei dizer se existe diferença em ser responsável por um grande jato comercial de passageiros ou de carga, ou mesmo de um pequeno jato executivo. As rotinas de voo são as mesmas. Nas grandes aeronaves, talvez,  demore mais para embarcar os passageiros. O trabalho de piloto é bem mais fatigante do que a maioria pensa. É uma das profissões mais estressantes que existem.

Integração – Você poderia descrever a sensação de pilotar um avião por um período de doze horas, como normalmente acontece nas rotas internacionais?

Samuel – Trabalhando, o tempo passa mais rápido. Por experiência própria, posso afirmar que a gente fica menos cansado que o passageiro, que fica parado, sem fazer nada. Hoje voo o Boeing 737NG, com percurso de, no maximo, 6 horas. Eu prefiro  voos curtos. Quando fazia voos de longa duração na Varig, de até 12 horas, eram com duas tripulações.  Nós tínhamos cama para dormir, num lugar que a gente chamava de “sarcófago”. Portanto, pilotos não trabalham as 12 horas, sem parar. Por força da regulamentação, as horas de trabalho dos pilotos são controladas. Dependendo do país, não passam de 8 ou 9 horas.

Integração – Atualmente, onde reside com sua família e quais companhias aéreas já trabalhou até a presente data?

Samuel – Atualmente, estou baseado no sul da China e moro na Califórnia. Há alguns dias,  estava em Harbin, norte da China, apenas pernoitando. Na verdade, no início de minha carreira, comecei a trabalhar profissionalmente como instrutor no Aeroclube de Tatuí. Depois, na Rio-Sul, companhia do grupo Varig. Em seguida, fui transferido para a Varig e fiquei até julho de 2006, pouco antes da quebra da empresa. Naquele ano, me desloquei com a minha família para a China. Em 2008, trabalhei por um período de sete meses na Hong Kong Express. Voltei  para a Shenzhen Airlines, onde estou até hoje. Em 2009, instalei minha família na Califórnia e trabalho num regime de “commuting”. Através deste sistema, passo dois meses na China e um na Califórnia. Minhas crianças aprenderam a falar chinês, mas estão esquecendo por falta de uso. Estou me aposentando no Brasil e penso em parar dentro de  poucos anos. Pretendo investir no mercado de opções e voltar a voar somente com planador.

Samuel e a tripulação da Shenzhen Airlines.

Integração – O elevador é considerado o meio de transporte mais seguro do mundo. O avião ocupa o segundo lugar. Você poderia explicar a razão de o avião comercial ser considerado tão seguro?

Samuel – Acredito que várias razões tornam o transporte aéreo  seguro. Os pilotos são bem treinados e doutrinados em segurança. Os aviões ficam a maior parte do tempo longe de obstáculos porque voam alto. As aeronaves possuem vários equipamentos em dobro ou mais. E os voos são controlados por radares e tem controle estrito de tráfego.

Integração – Existem pessoas que se sentem bem em um carro de Fórmula 1 e outros pilotando um jetski. Você, na condição de piloto, gosta mais de estar em terra ou voando?

Samuel – Gosto mais de ficar com a família, em terra. Aprecio muito  voar em planador. Minha filha, a Karen,  completou 15 anos em dezembro,  e é aficionada por aeronáutica. Ela, com esta idade, está tirando o brevet de planador, na cidade de Lake Elsinore, na California.

Integração – Apenas para satisfazer uma curiosidade. Quando vocês desembarcam em algum aeroporto, dá tempo de conhecer as cidades? Ou o tempo é escasso?

Samuel – São situações imprevisíveis. Às vezes, temos tempo demais e outras, mal dá para descansar. Em relação a esta pergunta, conhecemos as cidades de pernoite e nos identificamos mais com as pessoas locais, do que com turistas. Neste momento (terça-feira, 1º de maio), estou respondendo as perguntas do Integração na cidade de Nanning, no sul da China. Neste local, às vezes, caminho até a beira de um grande rio que passa por aqui. Agora a temperatura está 35 graus Celsius lá fora. Preferi ficar no ar condicionado do quarto do hotel e escrever. Ao longo da carreira, tive também o prazer de conhecer muitas cidades do mundo inteiro, nos quatro continentes. Pernoitei nas cidades mais importantes da América, Europa, Ásia e algumas da África. Nunca estive na Austrália. Na Shenzhen Airlines temos voos para o Japão, Coréia, Vietnam, Indonésia, Singapura e Malásia. Dentro em breve, devem aparecer novos destinos, pois a empresa cresce muito rápido.

Integração – Você poderia contar algum fato curioso presenciado em algumas de suas viagens?

Samuel – Muitas pessoas perguntam se nos meus vôos,  vi algo diferente pelos céus deste mundão afora. Nunca vi nada. E eu gosto de olhar para fora da cabine. A aviação chega a ser muito pacata, mas tive algumas “panes”. Uma vez, chegava num 737-300 da Varig, em Buenos Aires. O avião teve pane nos flaps (partes móveis na asa do avião). Eles travaram e tive que pousar sem eles. O avião fica mais veloz. Depois do pouso, quando taxiava o aparelho no aeporto, anunciei para os passageiros o problema e que tudo correu muito bem. Durante o desembarque, as autoridades aeronáuticas da “Forza Aérea Argentina” vieram me entrevistar, para saber se a operação tinha sido satisfatória. Eles colocaram os carros de bombeiros na pista, para evitar qualquer problema. Um passageiro ficou furioso pelo fato de eu não anunciar o problema ainda em voo. Pediu para falar comigo e ficou à espera, até que os tenentes e coronéis da Forza Aérea fizessem  milhões de perguntas, enquanto eu ainda permanecia no “cockpit”. Os militares demoraram tanto que o passageiro foi embora bravo e sem falar comigo. Dessa, escapei!

Aqui na China, as coisas são engraçadas. É exatamente ao contrário do que se imagina no Brasil, de que a polícia chinesa é extremamente eficaz. É exatamente o contrário. Outro dia, tive problemas com uma passageira em Qindao, uma cidade ao noroeste deste país. Tive que pedir a intervenção da  policia, para tirar uma passageira problemática, em razão da segurança do voo. Os policiais aparentavam ter um medo terrível de a passageira  ser parente de alguém do “partidão” (PCC) e não tocaram na mulher. Foram quatro horas sem poder decolar e a mulher continuava a gritar. Ela só saiu quando resolveram cancelar o voo e reassumir a atividade na manhã do dia seguinte. A nossa tripulação deixou a passageira sozinha com a policia no avião e eu apaguei a luz da aeronave.

Integração – Em 15 mil horas de vôo, você já transportou pessoas famosas nas aeronaves que pilotou?

Samuel – Eu me lembro de ter o Pelé como passageiro e o fotojornalista Sebastião Salgado, num voo de Paris. Como voei cinco anos como comandante da ponte aérea Rio/São Paulo, muitos artistas globais devem ter viajado comigo. Um fato bastante curioso aconteceu por volta do ano 2000, num voo da Varig. Três tatuianos que trabalhavam nesta companhia participaram de atividades no mesmo voo. Eu era o comandante, a comissária chefe era a Rosângela Porciúncula e o mecânico o Wagner Grazziano. Infelizmente, não registramos este fato com uma fotografia.

Integração – Nas horas vagas, você gosta de pilotar aviões pequenos. Qual a diferença?

Samuel – Gostaria muito de voar, mas não tenho muito tempo. No meu entender, voar como profissão não é a mesma coisa que voar por simples prazer, num dia bonito.

Integração – Faça algumas considerações finais aos nossos leitores.

Samuel – Eu acompanhei a montagem, diagramação e ajudei a distribuir, nas madrugadas, as primeiras edições do Jornal Integração, nas ruas de Tatuí.

 

Principais notícias desta edição

JUSTIÇA MANDA BANCOS REINSTALAR BIOMBOS

DEPOIMENTO DE UM TATUIANO QUE FICOU 15 MIL HORAS NO CÉU

TURISTA DE TATUÍ MORRE NA BAHIA

QUANDO BATEREM NA PORTA, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

SIMPLESMENTE ASSIM E ASSIM, CRÔNICA DE NINA LEONI

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

COLUNA GENTE ( NOTAS SOCIAIS E FOTOS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

NOTAS POLÍTICAS (NOVO GRUPO DISPUTA ELEIÇÃO NA QUADRA)

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CONSOLO NU AVESSO, POESIA DE PAULO COSTA (PACCO)

CLASSIFICADOS (IMÓVEIS, VEÍCULOS E OUTROS)

SECRETARIA ARBORIZA ÁREA URBANA DE TATUÍ

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – AGOSTO DE 1924)

INSEGURANÇA JURÍDICA E OS TRIBUTOS, POR MARCOS CINTRA

DEPUTADA PEDE INFORMAÇÕES SOBRE PRESÍDIOS DE CAPELA DO ALTO

PREFEITURA REMODELA PRAÇA DO JARDIM SABA

REUNIÃO DEBATE QUESTÕES DE MINERAÇÃO

AMART EXPÕE TRABALHOS DE ALUNOS DE ARTE

COLUNA DE ESPORTES

SINDICATO FECHA ACORDO SALARIAL NA SANTA CASA

FALECIMENTOS

CÂMARA MUNICIPAL RETOMA VOTAÇÃO DE PROJETOS

SECRETARIA LIBERA R$ 68,3 MIL PARA A SANTA CASA

MUTIRÃO RECOLHE SEIS TONELADAS DE LIXO ELETRÔNICO

COLUNA POLICIAL

FUNDO SOCIAL INICIA NOVAS TURMAS DE CUIDADORES DE IDOSOS

CURSO DE AUXILIAR DE ESCRITÓRIO ATRAI 42 JOVENS

VALECRED APOIA PILOTA DA TOP SERIES 2012

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais de Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).


%d blogueiros gostam disto: