Anúncios

Archive for agosto \26\UTC 2011

Destaques de 28 de Agosto de 2011

agosto 26, 2011

Exclusivo Online

VEREADORES DE TATUÍ SE ENCONTRAM COM VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Vereadores Manú e Zetakão ao lado de Reinaldo Nogueira, prefeito da cidade de Indaiatuba, e Michel Temer, vice-presidente da República.

Dia 19 de agosto, na cidade de Campinas, os vereadores José Manoel Corrêa Coelho, o Manú (PDT), e José Maria Cardoso Filho, o Zétakão (PR), se encontraram com o vice-presidente da República, Michel Temer, durante evento para filiação de novas lideranças estaduais do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Os parlamentares tatuianos participaram do encontro a convite de Reinaldo Nogueira, prefeito de Indaiatuba, que deixou o PDT e filiou-se ao PMDB de Temer.

Em seu discurso, o vice-presidente da República falou sobre a reestruturação do PMDB no Estado de São Paulo e citou a importância da agremiação política na história do desenvolvimento e da política paulista, através de nomes como Franco Montoro, Orestes Quércia e Luiz Antonio Fleury Filho. Temer ressaltou ainda a necessidade de seu partido lançar candidatos ao Executivo Municipal nas eleições de 2012, na maior parte das cidades do estado, e apontou o nome do deputado federal Gabriel Chalita como possível candidato à Prefeitura de São Paulo.

Na região de Sorocaba, um dos nomes que participa da reformulação do PMDB é o do ex-deputado federal Renato Amary, que desligou-se recentemente do PSDB e pretende concorrer ao Executivo de Sorocaba por sua nova sigla partidária. Reinaldo Nogueira convidou o vereador Manú para ingressar no PMDB de Tatuí, mas este não aceitou, justificando que já possui projetos estruturados para 2012, junto ao PDT e ao deputado estadual Rogério Nogueira, irmão do prefeito de Indaiatuba.

Os vereadores Manú e Zétakão salientaram a importância de levar o nome de Tatuí a eventos partidários desta grandeza, que contam com a participação de pessoas de destaque no cenário político nacional. “Nestes encontros, buscamos novas relações e parcerias políticas, que podem futuramente resultar em projetos, verbas e benefícios para nosso município e sua população”, disseram os parlamentares. Na oportunidade, Manú também comentou, junto ao vice-presidente Temer, sua intenção de elaborar um projeto, pedindo a construção de um novo portal de entrada para Tatuí, interligado ao anel viário. Esta ideia deverá ganhar corpo nas próximas semanas.

Principais notícias desta edição

PREFEITO DISPUTA INSTALAÇÃO DE EMPRESA AUTOMOBILÍSTICA EM TATUÍ

PREFEITURA EM DESTAQUE EM REVISTA DE EMPREENDEDORISMO DA FGV

40 ANOS DA TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO, ARTIGO DO PADRE EDVILSON DE GODOY

VETO: TRAGÉDIA E COMÉDIA, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

INSPIRAÇÕES, CRÔNICA DE NINA LEONI

FILATELIA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTONIO JOSÉ MARTINS

GENTE (FOTOS E FATOS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

NOTAS E NOTÍCIAS

PROGRAMA PRIMEIRO PASSO INICIA AULAS NA FATEC

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS

ADJORI LAMENTA MORTE DE FUNDADOR DO DIÁRIO DO GRANDE ABC

FORD APRESENTA CAMPO DE PROVAS PARA JORNALISTAS

PREFEITURA ABRE LICITAÇÃO PARA VENDER PRÉDIO DO ANTIGO CIRETRAN

YAZKI INAUGURA NOVO PRÉDIO PARA ATENDER FUNCIONÁRIOS

TAVEX REFORMA CASA DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL

GOVERNO AUTORIZA CONCURSO PARA AGENTES DE ESCOLTA

COLUNA DE ESPORTES

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – DEZEMBRO DE 1923)

FALECIMENTOS

FARMÁCIA DE PLANTÃO (DROGARIA SANTA INÊS)

CÂMARA AUTORIZA PREFEITURA FECHAR BURACOS DEIXADOS PELA SABESP

PROBLEMAS DE TRÂNSITO CONTINUAM A PREOCUPAR VEREADOR

VEREADOR QUE EVITAR CONSUMO E VENDA DE BEBIDAS PARA MENORES

PROJETO DISCIPLINA COMÉRCIO DE FIOS DE COBRE EM TATUÍ

QUINCAS É COORDENADOR REGIONAL DO PSDB

COLUNA POLICIAL

ENCONTRO REÚNE AGRICULTORES EM TATUÍ

CRISE IMINENTE, ARTIGO DE MARCOS CINTRA

COBAT PEDE PROVIDÊNCIAS AO PODER PÚBLICO

SEMANA DE ALEITAMENTO MATERNO CAPACITA ENFERMEIRAS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

TATUIANA PESQUISA COMPOSTOS PARA TRATAR ANEMIA FALCIFORME

BISPO PARTICIPA DO CERCO DE JERICÓ EM TATUÍ

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Anúncios

Destaques de 21 de Agosto de 2011

agosto 20, 2011

Exclusivo Online

TATUIANO DA FILARMÔNICA JOVEM DE ISRAEL APRESENTA-SE NO BRASIL

O trompista tatuiano Wellington Gabriel.

O jovem trompista tatuiano Wellington Gabriel apresentou-se na quinta-feira (18), no Teatro Municipal de Paulínia, com a Orquestra Jovem da Filarmônica de Israel, composta por alunos da Buchmann-Metha School of Music,de Tel-Aviv. A orquestra israelense participou deste concerto especial, juntamente com a Orquestra Sinfônica de Heliópolis, sob a regência do maestro Zubin Mehta.

De origem humilde, Wellington obteve uma bolsa de estudos em Israel e seguiu carreira com grande sucesso na música. Em 2010, o tatuiano foi tema de reportagem no Jornal Integração. Além dele, a Buchmann-Metha School possui outros seis músicos brasileiros: José Batista Júnior (viola), Émerson Nazário (violoncelo), Marcos Lemes (contrabaixo), Simone Elenciuc (violino), Abner Landin (violino) e Alberto Fernandes (contrabaixo).

            E neste domingo (21), às 20h30, a orquestra jovem israelense irá apresentar-se na Sala São Paulo, na Praça Júlio Prestes, nº 16, na Capital Paulista. O concerto contará com a participação do violoncelista israelense Misha Maisky, considerado atualmente um dos maiores nomes da história deste instrumento. Maiores detalhes sobre o concerto podem ser obtidos através do fone: (11) 3223-3966.

Principais notícias desta edição

NOVA CRECHE ATENDE 220 CRIANÇAS EM TATUÍ

SEMANA DA PREVENÇÃO MOSTRA TRABALHO DA APAE

TATUÍ DA FILARMÔNICA DE ISRAEL APRESENTA-SE NO BRASIL

PRAGAS, PRA QUE TE QUERO? CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

NEVES DOURADAS, POESIA DE PAULO COSTA (PACCO)

MERITOCRACIA, ARTIGO DE DANIEL GOULART

INSCRIÇÕES PARA ESTAGIÁRIOS DA SABESP

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTÔNIO JOSÉ MARTINS

GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

SANTA CASA RECEBE SUPRIMENTOS

DENÚNCIA SOBRE A SANTA CASA REPERCUTE NA IMPRENSA REGIONAL

CONCURSOS DE PAULO SETÚBAL PREMIAM VENCEDORES

MULTI-INSTRUMENTISTA APRESENTA-SE EM TATUÍ

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS

SENAI ABRE CURSO DE DESENHO TÉCNICO MECÂNICO

CONTINUA VACINAÇÃO CONTRA A PARALISIA INFANTIL EM TATUÍ

PROJETO ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSO DE CUIDADORES DE IDOSOS

TATUÍ SEDIA ENCONTRO DE AGRICULTORES

COLUNA DE ESPORTES

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (RIDENDO – 2/12/1923)

CÂMARA APROVA NOVOS PROJETOS SOBRE INDUSTRIALIZAÇÃO

PROJETO OBRIGA BANCOS A INSTALAR ASSENTOS

COBAT PEDE PASSARELA NA RODOVIA MÁRIO BATISTA MORI

PARLAMENTAR QUER PROIBIR AÇÃO DE PICHADORES

VEREADOR PEDE SEMÁFORO NA RUA JUVENAL DE CAMPOS

FALECIMENTOS

FARMÁCIA DE PLANTÃO (DROGARIA SANTA INÊS)

COLUNA POLICIAL

ESQUADRILHA DA FUMAÇA NOS CÉUS DE TATUÍ

PREFEITURA DEVERÁ RENOVAR CONVÊNIO COM A CETESB

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

MATÉRIAS OFICIAIS

(Editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 14 de Agosto de 2011

agosto 12, 2011

Exclusivo Online

DESFILE CÍVICO MOSTRA PUJANÇA DO MUNICÍPIO DE TATUÍ

Na quinta-feira (11), milhares de pessoas compareceram na Avenida Coronel Firmo Vieira de Camargo, para assistir ao desfile cívico em comemoração aos 185 anos de Tatuí. As apresentações de entidades e unidades educacionais demonstraram a pujança e o desenvolvimento do município de Tatuí. O número significativo de participantes mostra a responsabilidade social da classe política para dotar a cidade com equipamentos básicos de saúde, educação, emprego, moradia e segurança.

No início do desfile, o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, acompanhado por sua família, recebeu autoridades e convidados no palanque oficial. Dentre os presentes, estavam o deputado estadual Sebastião Santos e o vereador Wladmir Saporito, presidente da Câmara, além de prefeitos, secretários municipais e vereadores.

Durante o desfile, o público acompanhou a passagem de unidades militares, escolas municipais, estaduais e particulares, clubes esportivos e de serviços e bandas marciais convidadas. Um momento que emocionou os presentes ocorreu quando o prefeito Gonzaga entregou uma placa ao Cordão dos Bichos de Tatuí, em homenagem póstuma a Moacir Peixoto, presidente de honra deste tradicional grupo folclórico. Moacir faleceu nesta quarta-feira (matéria nesta página). Em outro momento, aviões da esquadrilha da fumaça fizeram voos rasantes sobre a avenida, para divulgar a apresentação que iria ocorrer na tarde do mesmo dia, nos céus de Tatuí. O tempo ensolarado estava propício para esta apresentação.

O desfile cívico foi abrilhantado ainda pelas Bandas Marciais Municipais de Itararé e Votorantim e pela Banda da Guarda Civil Municipal de Santana do Parnaíba. O público cantou e dançou nas arquibancadas durante as apresentações. O evento encerrou-se com uma apresentação da Orquestra de Metais Lyra Tatuí, regida pelo maestro Adalto Soares.

Principais notícias desta edição

DESFILE MOSTRA PUJANÇA DO MUNICÍPIO DE TATUÍ

FALECE MOACYR PEIXOTO, PRESIDENTE DE HONRA DO CORDÃO DOS BICHOS

PREFEITURA ABRE CONCURSO PÚBLICO

ONDE A VERDADE É ENCONTRADA?, CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

HISTÓRIA DA MPB, POR JOEL FERREIRA

CARTA À REDAÇÃO (PROTESTO CONTRA A SITUAÇÃO DO CONSERVATÓRIO)

GOVERNO AMPLIARÁ BASE DE CÁLCULO PARA PEQUENAS E MICRO EMPRESAS

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR JOSÉ ANTÔNIO MARTINS

ELEKTRO ATENDE CLIENTES EM NOVO ENDEREÇO

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

GENTE (FOTOS DE EVENTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

EXPOSIÇÃO NO POUPATEMPO

PARTIDO DA REPÚBLICA COM NOVO DIRETÓRIO EM TATUÍ

BANCO DE ALIMENTOS COMBATE DESNUTRIÇÃO NA CIDADE

TATUIPREV EMPOSSA NOVOS CONSELHEIROS

PREFEITURA INAUGURA CRECHE NO JARDIM TERNURA

SESI PROMOVE CURSO DE GUARDA-VIDAS

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CLASSIFICADOS

ALUNOS GANHAM INSTRUMENTOS DA JUSTIÇA FEDERAL

CONCERTO PRESTA HOMENAGEM  A TATUÍ

SECRETARIA REALIZA VACINAÇÃO CONTRA PARALISIA INFANTIL

CENTRO DE REFERÊNCIAS COM NOVAS INSTALAÇÕES NO VALE DA LUA

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 25/11/1923)

FALECIMENTOS

FARMÁCIA DE PLANTÃO (DROGARIA SANTA INÊS)

PROJETO AUTORIZA CONVÊNIO COM A SECRETARIA DA AGRICULTURA

PETISTA QUESTIONA CONSERVATÓRIO ATRAVÉS DE REQUERIMENTO

VEREADOR PEDE PLACAS DE LOCALIZAÇÃO DO NOVO FÓRUM

REPASSE DE VERBAS ATRASA OBRAS NA PRAÇA DA MATRIZ

COBAT QUESTIONA RESPOSTAS DE ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS

CAIXA ECONÔMICA INAUGURA NOVA AGÊNCIA EM TATUÍ

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

MATÉRIAS OFICIAIS (Edital de Concurso Público da Prefeitura de Tatuí – 32 cargos, editais da Câmara Municipal de Tatuí, editais da Câmara Municipal de Quadra, editais da Prefeitura de Tatuí, Fórum da Comarca e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

Destaques de 7 de Agosto de 2011

agosto 5, 2011

Exclusivo Online

PERCUSSÃO DO CONJUR

CONSERVATÓRIO É ALVO DE MAIS DE TRINTA AÇÕES TRABALHISTAS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Do Jornal Integração, de Tatuí: Na quinta-feira (28), a revista eletrônica Consultor Jurídico (Conjur) destacou, em uma matéria publicada em seu site, as mais de trinta ações trabalhistas movidas por professores contra a Associação dos Amigos do Conservatório de Tatuí (AACT.) Todas estas demandas judiciais surgiram após a troca da direção administrativa do Conservatório, por imposição do ex-secretário João Sayad e da Secretaria de Estado da Cultura. Este ato do ex-secretário, considerado em ata como uma intromissão da Secretaria da Cultura na administração da organização social,  resultou na demissão de seis membros do conselho da Associação dos Amigos do Conservatório, dentre eles o  vereador José Tarcísio Ribeiro, Mário Ficarelli, Mateus Jacob Hessel, Paulo Edson Marques, Sérgio Paulo Freddi e Maria das Dores Buratto Ferreira.

De posse de uma lista de ações, que o Jornal Integração também teve acesso, o “Conjur” informa que são 31 processos trabalhistas impetrados por ex-professores desde 2009. Estas ações tramitam na Vara do Trabalho de Tatuí e na 15ª Região do Tribunal Regional do Trabalho, em Campinas. Pelo andamento dos processos trabalhistas, 13 foram julgados procedentes e condenaram a Associação dos Amigos do Conservatório de Tatuí (AACT), a maioria ainda em primeira instância. O “Conjur” informa que dez sentenças de primeiro grau já somam quase R$ 600 mil. Os outros três, já decididos no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, passam dos R$ 100 mil.

Uma estimativa preliminar feita pelo maestro Antonio Carlos Neves Campos, um dos demandantes contra o Conservatório, calcula que as indenizações a ser pagas podem chegar a R$ 4 milhões aos cofres públicos. Neves afirma que, durante os 24 anos em que foi diretor, nunca foi alvo de processo trabalhista por parte de professores. Todo problema no Conservatório, conforme Neves, aconteceu porque a AACT quis mudar o perfil da escola, “mas as coisas não aconteceram como eles esperavam”, revela o “Conjur”.

  O maestro Antonio Carlos Neves Campos assumiu a direção do Conservatório de Tatuí quando era governador André Franco Montoro (1983/87). Durante sua trajetória na direção da escola de música, o maestro tatuiano desempenhou importantes funções para a Secretaria de Estado da Cultura. Neste período, Neves participou de treze edições do Festival de Inverno de Campos do Jordão. Neste mais importante festival de música erudita brasileira, o maestro foi professor, diretor administrativo ao lado do maestro Eleazar de Carvalho (diretor artístico) e coordenador geral  do evento artístico da cidade serrana. Como diretor do Conservatório de Tatuí,  passou por governos do PMDB e PSDB, sendo os três últimos representantes  tucanos.

Em dezembro de 2005, no governo de Geraldo Alckmin,  a escola de música tatuiana passa a ser administrada pela  Associação dos Amigos do Conservatório de Tatuí, organização social sucessora da Associação de Pais e Mestres do Conservatório. A mudança foi formalizada pelo secretário João Batista de Andrade, na Secretaria de Estado da Cultura, em São Paulo. Maria Aparecida Medeiros assume a direção executiva da AACT (hoje Autran), Maria das Graças Xavier fica com a diretoria financeira e o maestro Antonio Carlos Neves Campos passa a ocupar o cargo de diretor artístico do Conservatório. Em 2008, por imposição do secretário João Sayad, conforme ata de uma assembleia realizada pela AACT,  Henrique Autran Dourado foi indicado para ocupar o cargo de  diretor executivo, no lugar de Maria Aparecida Medeiros. Autran faz questão de frisar ao “Conjur”  que assumiu a direção por unanimidade do Conselho e da Assembleia Geral.

 O “Conjur” informa que a principal missão da nova direção era contratar todos pelo regime da CLT – ou “celetizar”, na gíria empresarial. A partir desta data, começam os problemas trabalhistas e professores e músicos ingressam com ações na Justiça do Trabalho. Segundo o “Conjur”,  Autran não se preocupa com as acusações ou com as justificativas para processar sua organização. Ele afirma que todas dizem respeito à gestão anterior, quando o Conservatório de Tatuí estava sob responsabilidade do governo estadual. “Todas as ações decorrem da inépcia da antiga  administração, porque havia contratos do chamado credenciamento (quando os professores faziam parte de uma cooperativa). Tanto é que durante todo o processo de celetização, perdemos 17% do quadro de funcionários, quando estávamos preparados para perder 40%”. Autran corrige esta informação no “Conjur” e observa:  “Credenciamento e Cooperativa são coisas diferentes. Mas foram expedientes utilizados no passado para remunerar os professores. Não estávamos “preparados para perder 40%” do quadro, no sentido de que esperávamos essa cifra. Nossas contas, a pedido do Governo, foram de 10, 20, 30 e 40%, por exercício matemático, a pedido do Governo. Nossas projeções eram bem mais modestas”.

O orçamento do Conservatório para este ano é de R$ 23,2 milhões, segundo dados da Secretaria de Planejamento de São Paulo. A direção do Conservatório afirmou ao “Conjur” que os litígios não afetarão em nada os cofres do Conservatório. Segundo consta, quando a AACT assumiu, em 2006, já prevendo as ações, foi criado um “fundo de segurança trabalhista”, para pagar indenizações. Autran faz questão de frisar que  “o fundo trabalhista foi criado por ordem do Governo, como se pode depreender da matéria, ainda em 2007, antes de minha chegada”.

A direção da escola de música enviou uma lista de pessoas que processam a AACT  à revista “ConJur”. Segundo o diretor Henrique Autran Dourado, das ações trabalhistas impetradas “11 ex-professores não se inscreveram no concurso por razões diversas. 14 não passaram na prova e apenas 5 foram demitidos a rigor: 0,2% do total de cargos por ano, índice baixíssimo”, considera o diretor.

O Jornal Integração também teve acesso à lista de ações trabalhistas movidas por ex-professores, músicos e ex-funcionários do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí (CDMCC) contra a Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí (AACT), Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Música de São Paulo e Fazenda Pública do Estado de São Paulo. Dos 31 processos já existem treze condenações judiciais, algumas em segunda instância. Os que se consideraram prejudicados pelo Conservatório e reclamam seus direitos trabalhistas são músicos que trabalharam por muitos anos na escola. Se considerar a qualidade musical através de suas apresentações no Teatro “Procópio Ferreira” – alguns até com prêmios internacionais – e a diversidade de instrumentos que tocam, daria para formar uma orquestra e de ótima qualidade.  Os autores das ações contra a AACT são: Karin Fernandes (pianista), Jefferson de Góes Correa, Fabiana Bonini Del Fiol (piano), Valter Leite (trompete), Thiers Alves de Camargo (saxofone e flauta doce), Valéria de F. G. Veagnoli (trompa), José Adriano de Campos Machado (maestro e violino), Lázaro Nogueira da Silva (clarinete), Hector Bisignani (saxofone), Angel Willian Miranda Jará (saxofone), Antonio Carlos Neves Campos (maestro e diretor artístico), Irineu Domingos Gregório (trombone), Síntia Helena Piccin Fermino (saxofone), Leopoldo F. Artuzo de Andrade (trompete), Milton Pires da Silva Júnior (violino), Luiz E. de Caria Benedetti (guitarra), José dos Santos (violino e viola), Maria Aparecida Holtz Dias (teoria musical), Jair Teodoro de Paula (violão), Geraldo Ribeiro da Silva (violão), Paulo Roberto Vieira (área administrativa produção), Eliete Dias Orsi (teoria musical), Patrícia Casemiro Rafael (musicalização), Jorge Luiz Ribeiro Júnior (setor administrativo som), Jussara Pessa, José Luiz Penatte (contrabaixo), Luigi Bertelli (luteria), Cláudio Elvídio Casarini (teclado), Wanderley Pizzigatti (violino), Alessandra de Arruda (área administrativa) e Meire Varella de Faria Gangi (teclado), todos confirmados no site do Tribunal Regional do Trabalho. Segundo informações obtidas por este semanário, escritórios de advogados, especialistas em direito trabalhista, preparam mais ações para ajuizar contra a AACT e Governo do Estado.

Outro ponto abordado na matéria é a redução do Conservatório. O maestro Neves conta que houve evasão de alunos, redução do quadro de funcionários e diminuição na carga horária. Esta preocupação do ex-diretor parece  se confirmar com recente entrevista concedida pelo secretário Andréa Matarazzo (Cultura) ao Jornal O Estado de S. Paulo. Matarazzo revelou ao Caderno 2 que, atualmente, a escola de música tatuiana  possui apenas 1.500 alunos. Este número fornecido pelo secretário da Cultura significa que a escola, hoje, trabalha com menos da metade da capacidade de quando era administrada por tatuianos.

Na administração Neves,  o Conservatório de Tatuí registrava por volta de 3.000 alunos em seus diversos cursos. O ex-diretor confirma  este número ao Jornal Integração e informa   que,  logo após a posse do secretário João Sayad, a assessora de música da pasta, Cláudia Toni, propôs como meta da Secretaria da Cultura em reduzir o Conservatório de Tatuí para apenas  700 alunos.

GOVERNO PAULISTA CONDENADO EM R$ 320 MIL

A revista “Conjur” revela ainda que até agora, o processo mais pesado para as contas do Conservatório foi o do maestro Antonio Carlos  Neves Campos. Em primeira instância, o ex-diretor  ganhou direito à indenização de R$ 320 mil, por danos morais trabalhistas, por ter sido vítima de constrangimentos e maus tratos da parte do atual diretor executivo. Esta decisão cabe recurso.

Neves foi diretor do Conservatório durante 24 anos, sendo demitido pelo Conselho de Administração. Segundo consta, este órgão acreditou que o maestro estava sendo alvo de um processo administrativo para apurar irregularidades em sua gestão. O ex-diretor do Conservatório afirma ao Jornal Integração que a denúncia foi feita  na Secretaria da Cultura pela atual direção. Neves informa ainda que o procedimento administrativo  não passou da apuração preliminar, sendo arquivado por falta de provas, por uma  comissão formada pela própria secretaria. A recente decisão da Vara do Trabalho de Tatuí, que condenou a AACT e a Secretaria da Fazenda, faz referência a este episódio.

O juiz federal Luciano Barbosa, em sentença prolatada na Vara do Trabalho de Tatuí, condenou a Associação dos Amigos do Conservatório (AACT) e a Fazenda Pública do Estado de São Paulo, solidariamente, a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 320 mil ao maestro Antonio Carlos Neves Campos. Para fixar o dano moral, o juiz considerou o amplo tempo que o maestro manteve-se na direção do Conservatório, a forma humilhante como ocorreu sua mudança profissional e ausência de provas quanto a uma conclusão efetiva de improbidade administrativa. Sobre as acusações sem comprovação e demissão sem motivos, o juiz Luciano Brisola afirma na decisão que “houve grave exposição de fatos lesivos ao autor (Neves), sem que exista qualquer prova nos autos de cabimento de tais acusações” Destaca ainda o juiz que “caso se confirme a conduta de improbidade por parte do autor (prova que não consta destes autos), as rés não estavam autorizadas a praticar atos capazes de fulminar a honra do autor (Neves), nem mesmo de realizar justiça com as próprias mãos. Até mesmo ao Estado é vedado o uso da vingança privada, eis que também deve adotar medidas e procedimentos legais para a defesa de seus interesses. Além disso, ficou provada a intenção de perseguição contra o autor, exercida através do Diretor Executivo, que por sua vez contava com todo apoio e incentivo da Secretaria de Estado da Cultura (órgão da segunda ré)”.

PT OUVIDO PELO CONJUR

O vereador Vicente Menezes (PT), que por diversas vezes ocupou a tribuna da Câmara Municipal para externar a preocupação de seu partido em relação ao Conservatório de Tatuí também foi ouvido pelo “Conjur”. Para o vereador, o que preocupa é a dificuldade em se obter informações do que se passa no Conservatório. Recentemente, o parlamentar enviou alguns questionamentos sobre as contas do Conservatório e ele garante que nunca obteve resposta. Gastos, suposta evasão de alunos e mudanças internas na escola de música eram algumas perguntas enviadas à direção da AACT. Segundo o site “Conjur”, “Autran não se comove com as palavras do vereador. Ela acredita que são alegações de fundo eleitoreiro, a fim de atacar o governo e a prefeitura, ambos do PSDB. A direção do Conservatório disse que nunca recebeu tal questionamento, pois ele foi enviado diretamente ao governo do estado, e não à AACT”. O diretor executivo ainda faz mais uma observação no “Conjur”: “Fui com minha equipe à Câmara, a meu pedido, em 19 de abril deste ano. Presente, o Vereador. Por conta própria, subiu à tribuna em outra oportunidade e requereu informações diretamente ao Governador. As minhas já haviam sido dadas”. Revela ainda o “Conjur” que a direção da AACT informa que “todas as acusações que recebe diariamente têm fundo político, com o fim de tirar a organização do controle do Conservatório. Porém, se recusa a dizer quem seriam os conspiradores. “Não vou responder isso. É fofoca e não tem cabimento”. Após a publicação da matéria, Henrique Autran Dourado enviou um comentário ao “Conjur” e teceu as seguintes observações: “Não há possibilidade de movimentação “para tirar o controle do Conservatório”. Se há intenção, é fato pertinente a cada um. “De resto, avizinha-se ano eleitoral e as campanhas já estão soltas. Faz parte do exercício democrático do Estado de Direito”.

Principais notícias desta edição

CONSERVATÓRIO É ALVO DE MAIS DE TRINTA AÇÕES TRABALHISTAS

DESFILE DO ANIVERSÁRIO DE TATUÍ APRESENTA 56 ATRAÇÕES

REPORTAGEM IRÔNICA, MORDAZ E IMPIEDOSA NÃO FERE A HONRA DE FIGURAS NOTÓRIAS

DESTAQUES ECONÔMICOS, POR ANTONIO JOSÉ MARTINS

A TERRA VAI AGUENTAR? – CRÔNICA DE J. RIGOLÃO

HISTÓRIAS DA MPB, POR JOEL FERREIRA

A OSVALDO LACERDA, POESIA DE PACCO

POLICIAIS: FARMÁCIA FURTADA NA REGIÃO CENTRAL DE TATUÍ

COLUNA GENTE: NOTAS E FOTOS SOCIAIS

SAGA DE TATUÍ: POEMA DO SESQUICENTÁRIO (1976) – POR DR. JOSÉ RUBENS DO AMARAL LINCOLN

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

NEGÓCIOS E CLASSIFICADOS

ROTARY CLUB FIRMA NOVO CONVÊNIO COM A CONAB

PREFEITURA INAUGURA SEDE DO BANCO DE ALIMENTOS

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE ENTREGA 58 ENXOVAIS

CONCURSO ELEGE EMPRESAS MAIS ARBORIZADAS DE TATUÍ

PREFEITURA REPASSA R$ 59,1 MIL A ENTIDADES FILANTRÓPICAS

CÂMARA APROVA PROJETO PARA INCENTIVAR INSTALAÇÃO DE EMPRESAS

VEREADOR ANUNCIA VERBA PARA REFORMA DA CONCHA ACÚSTICA

ESPORTES: ATLETAS DE SELEÇÃO MINISTRAM CLÍNICA DE VÔLEI EM TATUÍ

TATUÍ E SUA HISTÓRIA: NOTAS DO JORNAL RIDENDO – 18-11-1923

NOTAS DE FALECIMENTOS

RESUMO DAS NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS

NOTAS E NOTÍCIAS: REGIÃO GANHA UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO

STF DIZ QUE MÚSICOS NÃO PRECISAM DE LICENÇA

MENSAGENS DO ANIVERSÁRIO DE TATUÍ

MATÉRIAS OFICIAIS (Leis e decretos da Prefeitura de Tatuí, comunicado da Vigilância Sanitária e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).


%d blogueiros gostam disto: