Anúncios

Archive for agosto \31\UTC 2017

CÂMARA RECEBE PROJETOS DO PLANO PLURIANUAL E LEI DE DIRETRIZES

agosto 31, 2017
PROJETOS PPA - LDO

Presidente Júnior Vaz recebe os projetos do PPA e LDO.

Na quarta-feira (30), a secretária municipal Juliana Rossetto Leomil Mantovani e o analista Francisco Carlos Hoffman, da pasta de Planejamento e Gestão Pública, estiveram na Câmara Municipal de Tatuí, onde entregaram ao presidente da Casa de Leis, vereador Luís Donizetti Vaz Júnior (PSDB), os projetos do Plano Plurianual (PPA), para os exercícios de 2018 a 2021, e da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para o exercício de 2018. Os dois projetos serão analisados pelos vereadores e, em seguida, levados ao plenário, para discussão e votação.

A audiência pública promovida pela Prefeitura Municipal para apresentação do PPA e da LDO, que atende dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal, foi realizada no último dia 23, na Câmara, com a participação da secretária, vereadores e assessores parlamentares. Na ocasião, Francisco Hoffmann mostrou, em um telão, os programas e metas contidas nos projetos e elucidou as dúvidas dos presentes.

O Plano Plurianual (PPA) é um plano de médio prazo, que estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelo Governo Municipal ao longo de um período de quatro anos. Tem vigência do segundo ano de um mandato até o final do primeiro ano do mandato seguinte. Com a adoção deste plano, torna-se obrigatório ao governo planejar todas as ações e seu orçamento, de modo a não ferir as diretrizes nele contidas. A LDO, por sua vez, dimensiona as ações e metas fiscais e financeiras do próximo exercício. É peça fundamental para a elaboração do orçamento do ano vindouro e aponta as diretrizes a serem seguidas, para que exista obediência aos princípios da transparência e equilíbrio financeiro, e se conheça ainda o modelo que a gestão municipal pretende adotar nos gastos e investimentos.

 

Anúncios

Destaques da edição de 2-9-2017

agosto 31, 2017

ZONA ELEITORAL DE TATUÍ PERDE MAIS DE DOZE MIL ELEITORES

ESCOLA “CELSO DE MELLO” COM OBRAS DE ARTISTAS DE TATUÍ

PARÓQUIA PROMOVE DEZ DIAS DE FESTA DO MILHO

PESQUISA REVELA SAMUEL MOREIRA COMO DEPUTADO DE TATUÍ

CORPORAÇÃO MUSICAL DE CESÁRIO LANGE NO MÚSICA NA PRAÇA

FIM COM DOR OU DOR SEM FIM – MARCOS CINTRA

SONETO “ALMA VAZIA” – DR. LINCOLN

DESTAQUES (LEI ANTICORRUPÇÃO NOS MUNICÍPIOS)

CÂMARA AUTORIZA CONVÊNIO COM A SECRETARIA DA SEGURANÇA

FALECIMENTOS

PM INVESTE EM ESTRADAS RURAIS

PM INICIA CENTRO ESPORTIVO NO JARDIM LUCILA

EMBALAGENS DE AGROTÓXICOS TÊM DESTINO CERTO

FUNDO SOCIAL INICIA CURSO DE TORTAS DOCES

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL DE TATHUY – 21-4-2017)

PALAVRAS CRUZADAS

CURSO ENSINA CANTO CORAL EM ESCOLAS

PROJETO DA AL PODE TRAZER MAIS TRANSPARÊNCIA AO SUS

PALAVRAS CRUZADAS

CURSO PREPARA NOVOS EMPRESÁRIOS

COLUNA GENTE (FOTOS E FATOS SOCIAIS)

NOVELAS

CANAL 1 – NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

POLÍCIA E PREFEITURA APURAM IRREGULARIDADES NO CEMITÉRIO

SPVIAS PROMOVE AÇÕES DE VOLUNTARIADO EM TATUÍ

EXPOSIÇÃO DESTACA OBRAS SOBRE PAULO SETÚBAL

VIOLONISTA ITALIANO APRESENTA-SE EM TATUÍ

INFORMATIVO DE COMPRAS

MATÉRIAS OFICIAIS

(Leis, decretos e portarias da Prefeitura de Tatuí, editais do Fórum da Comarca, edital da Associação Regional de Engenheiros de Tatuí, edital de citação do CDHU e editais de casamentos do Cartório de Registro Cível de Tatuí).

DESFILE COMEMORA ANIVERSÁRIO COM 62 ENTIDADES

agosto 17, 2017
novo afro site

Comunidade afro representada no desfile de Tatuí.

Dia 11 de agosto, o desfile cívico reuniu um grande público na Rua 11 de Agosto com 62 atrações. No palanque oficial, a prefeita Maria José Vieira de Camargo e o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, receberam as autoridades civis e militares, além de autoridades regionais. O tema exaltou tatuianos ilustres e  escolas municipais mostraram os 191 anos de história do município. Participaram como convidadas a Banda Marcial Municipal de Iperó e a  e da mesma cidade aFanfarra da Escola Estadual Dr. Gaspar Ricardo Júnior.

O desfile contou com a presença da Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental, Polícia Militar Rodoviária, Corpo de Bombeiros, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Banda Regimental da Guarda Civil Municipal. Em seguida, desfilaram a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Educação Infantil Municipal, Escola Ternura, Fundo Social de Solidariedade de Tatuí e Projeto Envelhecer com Qualidade de Vida, Lar São Vicente de Paulo, COSC, Lar Donato Flores e Cordão dos Bichos.

As unidades escolares da Rede Municipal desfilaram com o tema “Cidadania – Minha Qualidade de Vida em Suas Mãos”, com o objetivo de contribuir para  resgatar e salvaguardar as tradições da cidade.  Os clubes de serviços, escolas particulares, escoteiros e associações e aproximadamente 900 cavaleiros, do Centro de Treinamento Fire Horse, Associação de Cavaleiros e Muladeiros de Tatuí, Comitiva Pimenta e Amigos e Cavaleiros encerraram o desfile.

Show na Concha – Dia 12 de agosto, o Show de Aniversário em comemoração aos 191 anos de Tatuí na Concha Acústica teve  início às 16 horas e terminou por volta das 23h30. Mais de 10 mil pessoas estiveram presentes para as apresentações Rodrigo Freitas, Nando Nunez, Christian & Cristiano, Aruan & Tiggre, Ivan & Anderson e Léo & Junior e DJ Luan Saints.

 

 

Destaques da edição de 19-8-2017

agosto 17, 2017

 

 

JORNAL INTEGRAÇÃO NÃO CIRCULA DIA 26-8-2017

 

62 ENTIDADES DESFILAM NO ANIVERSÁRIO DE TATUÍ

PREFEITA LIBERA PONTE DO MARAPÉ

FUNDAÇÃO DE TATUI – JOSÉ CELSO DE MELLO FILHO

REFORMA TRIBUTÁRIA, DE NOVO – MARCOS CINTRA

TROVAS – DR. LINCOLN

COLUNA GENTE (FOTOS E FATOS SOCIAIS)

TATUIANO NO MAIOR RODEIO DOS EUA

NOVELAS

CANAL 1 – NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

CÂMARA APROVA 18 PROJETOS

RUA CEL. BENTO PIRES PASSA A TER MÃO DUPLA

PONTE DO JARDIM JUNQUEIRA PODE SER PARA SETEMBRO

FALECIMENTOS

PREFEITURA ABRE CURSOS DE CAPACITAÇÃO DE JOVENS

SANTA CASA INICIA REFORMA NOS QUARTOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL DE TATHUY – 17-4-1932)

TATUÍ COM SALDO POSITIVO DE EMPREGO

IMAGEM DE NOSSA SENHORA NAS PARÓQUIAS DE TATUÍ

PALAVRAS CRUZADAS

COLUNA POLICIAL

COLUNA DE ESPORTES

AUTUAÇÕES “EDUCAM” MOTORISTAS NO TRÂNSITO

CLASSIFICADOS

TATUIANO NO BEISEBOL PROFISSIONAL NOS EUA

GRUPO SOM DA TERRA NO “MÚSICA NA PRAÇA”

NOITE DA SERESTA NO MUSEU

ESPETÁCULO INFANTIL NO “PROCÓPIO FERREIRA”

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

MATÉRIAS OFICIAIS

(Leis, decretos e Audiência Pública da Prefeitura de Tatuí,editais do Fórum da Comarca, editais do Cartório de Registro de Imóveis de Tatuí, convocação do Clube de Campo de Tatuí, balancetes da Apodet e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

 

Assine o Jornal Integração impresso

redação@jornalintegracao.com.br

 

DESTAQUES

agosto 10, 2017
Celso de Mello 10-8

Ministro Celso de Mello em foto de Rosinei Coutinho (STF).

ESTADO DEVE INDENIZAR PRESO

EM SITUAÇÃO DEGRADANTE

Dia 1º de agosto, em voto proferido pelo ministro Celso de Mello no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 580252, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a responsabilidade civil do Poder Público pelos danos materiais e morais sofridos pelo detento, quando sob a custódia do Estado.

Em seu voto, o ministro Celso de Mello faz declarações incisivas e duras sobre a omissão e a indiferença dos estados da Federação quanto ao direito fundamental de qualquer sentenciado de receber, por parte do poder público, tratamento penitenciário digno e justo. O decano reconhece, uma vez mais, que o sistema penitenciário brasileiro qualifica-se negativamente, como um “estado de coisas inconstitucional”, notadamente porque, ao descumprir o ordenamento positivo doméstico e ao transgredir obrigações jurídicas assumidas no plano internacional, o Estado brasileiro nega ao condenado o direito básico – de que qualquer sentenciado é titular – de receber tratamento penitenciário digno e justo. Daí a condenação imposta pelo STF  ao Estado de Mato Grosso do Sul, que deverá ressarcir o detento por danos materiais e morais por ele injustamente sofridos em razão das condições desumanas e degradantes, totalmente inaceitáveis,  a que se acham submetidos os sentenciados naquela unidade da Federação.

Para Celso de Mello, a Constituição da República, ao proclamar os direitos fundamentais das pessoas em geral, estabelece que ninguém será submetido a tratamento penal cruel ou degradante. No caso julgado pelo Plenário do STF, no qual proferiu seu voto, o condenado cumpriu oito anos de uma pena mais longa em espaço celular, que deveria ser individual (como determina a legislação,  com excesso populacional,  destituído das mínimas condições estabelecidas pela Lei de Execução Penal (art. 88 e seu parágrafo único, p.ex.). Mais do que isso, para dormir, deitava-se no chão e encostava a sua cabeça no vaso sanitário, que fazia às vezes de travesseiro.

Esta decisão do Supremo Tribunal Federal, com repercussão geral, mostra que o sistema carcerário do País é inconstitucional. No entanto, o Poder Judiciário continua superlotando cadeias brasileiras que não reconduzem estas pessoas ao convívio social. E sim, as inserem em verdadeiras “escolas do crime”.  E muitos destes detentos estão confinados no sistema prisional pela prática de crimes considerados pelo STF de pequeno potencial ofensivo (princípio da insignificância) e réus presos ilegalmente, com mandados de prisões preventivas, sem apoio legal e que ferem flagrantemente as jurisprudências de tribunais superiores. Para corrigir esta distorção, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ), insistentemente, concedem ordens de Habeas Corpus (HC) a detentos que, a título de prisão preventiva, cumprem suas penas antecipadamente, em razão da morosidade dos julgamentos.

STF REITERA IMUNIDADE PARLAMENTAR DE VEREADOR

Dia 3 de agosto, ao julgar uma queixa-crime, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a imunidade parlamentar de deputados e vereadores em razão de sua atividade política. Para o vereador, a imunidade é apenas na circunscrição do município onde desenvolve sua atividade parlamentar. O ministro Celso de Mello proferiu voto neste sentido, no julgamento da Petição (PET) 6587, em que a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou queixa-crime contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), por injúria e difamação, apresentada por Sebastião Florentino de Lucena. O autor da queixa alegou que o político teria proferido, em fevereiro deste ano, declarações ofensivas à sua honra em postagem feita no grupo de WhatsApp “Imprensa da Paraíba”.

Em seu voto, o decano destacou que o STF já decidiu em outras situações que a imunidade parlamentar material é válida sempre quando o membro do Legislativo se pronuncia em razão de sua atividade política, mesmo fora do Congresso Nacional ou, então, quando se vale de redes sociais e outros meios de comunicação, como o Twitter e o WhatsApp. “A prática de atos, pelo congressista, em função do seu mandato parlamentar (ratione officii), ainda que territorialmente efetivada em âmbito extraparlamentar, está igualmente protegida”, complementou o ministro.

Neste julgamento, ocorrido no início do mês, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu que a garantia constitucional da imunidade parlamentar material, que protege o membro do Congresso Nacional (Deputado Federal e Senador da República) por suas opiniões, palavras e votos, previsto no artigo 53 da Constituição Federal, aplica-se, também, às suas manifestações nas redes sociais como o “Twitter” e o “Facebook”, e às postagens que faça no “WhatsApp”, desde que vinculadas às suas atividades políticas.

No seu voto, o ministro Celso de Mello procedeu a uma ampla análise em torno da natureza político-jurídica da imunidade parlamentar e destaca a essencialidade como instrumento constitucional vocacionado a assegurar ao congressista o exercício independente do mandato legislativo. No voto, há amplo material doutrinário e referências jurisprudenciais sobre a garantia fundamental ao desempenho do ofício legislativo. As considerações evidenciadas pelo decano do STF aplicam-se e estendem-se aos deputados estaduais (CF artigo 27, parágrafo 1º), deputados distritais (CF artigo 32, parágrafo 3º) e aos vereadores, desde que, neste último caso, as palavras, opiniões e votos do edil tenham sido proferidos “na circunscrição do município” (CF, artigo 29, inciso VIII).

 

PREFEITA LIBERA PONTE DO MARAPÉ

agosto 10, 2017
2017-08-10-PHOTO-00002325 (1)

Finalmente liberada a Ponte Pérsio Santi (Marapé)

Nesta quinta-feira (10), 18 horas,  a prefeiita Maria José Vieira de Camargo, em solenidade no início da Rua Capitão Lisboa,  liberou para o tráfego  a Ponte “Pérsio Santi” (Ponte do Marapé) sobre o Ribeirão do Manduca. No ato solene,   para marcar a reabertura da principal via acesso ao município entre a Avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali e o centro da cidade, discursaram o presidente da Câmara, vereador Júnior Vaz (PSDB), vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, secretário Luiz Gonzaga Vieira de Camargo e prefeita Maria José. Em seu pronunciamento a prefeita agradeceu o empenho dos funcionários municipais e das empresas participantes para construir a Ponte do Marapé, considerado por ela o principal desafio da atual administração. No local foi elaborado um projeto  paisagístico com plantio de  sessenta palmeiras doadas por empresários. Tão logo foi liberado o tráfego, centenas de veículos passavam pela nova ponte e terminou o martírio dos motoristas sem a principal entrada da cidade. A reportagem do Jornal Integração ouviu comerciantes e estes disseram estar otimistas com a abertura do acesso e que suas empresas  devem voltar a funcionar dentro da normalidade. Com a crise econômica que assola o País, somado à interdição da ponte o prejuízo foi significativo durante o período da falta de acesso, diz o proprietário de um estabelecimento comercial. Além dos vereadores da base de apoio da prefeita Maria José também estiveram presentes na solenidade os vereadores Joaquim Amado Veio Quevedo, Ronaldo José da Mota e Rodolfo Hessel..

A construção foi realizada através de  convênio do município com o Governo do Estado. orçada em  R$ 925 mil. Foram realizadas ainda obras de drenagem nas duas vias que limitam a ponte, pavimentação, calçadas, iluminação, paisagismo e sinalização, entre outros serviços. O valor gasto é de aproximadamente R$ 600 mil com recursos  do município.

“A construção da nova ponte representa o início de uma nova etapa para o município, de um novo momento, que espero que seja de muito crescimento. Quero agradecer o empenho de toda a nossa equipe, da união de todos, para que pudéssemos devolver ao cidadão tatuiano o principal acesso da cidade em tão pouco tempo de administração”, disse a prefeita Maria José Vieira de Camargo.

Histórico do caso – A Ponte do Marapé caiu no dia 10 de março de 2016, após fortes chuvas e algumas intervenções da antiga administração e noticiadas em canais de televisão. No dia 1º de julho de 2016, as obras foram iniciadas, após convênio celebrado com a Defesa Civil do Governo do Estado de São Paulo. A obra tinha previsão de conclusão de quatro meses, mas foi abandonada a partir de outubro de 2016.

Ao assumir em janeiro de 2017, a prefeita Maria José Vieira de Camargo determinou vistorias no local e através de laudos técnicos  e orientação jurídica, determinou o rompimento do contrato com a empresa  responsável pela obra. Com apoio da Casa Civil do Governo do Estado, a prefeita decidiu seguir com a licitação vigente e oferecer a  construção para a empresa segunda  colocada na licitação, pelo saldo ainda existente do convênio.

Em fevereiro de 2017, a administração rompeu o contrato com a empresa CVT Construtora, Incorporadora e Serviços Gerais e seguiu laudo de João Batista de Camargo. Neste documento constatou-se que desde outubro de 2016, a obra estava paralisada. e apenas 26,85% do total da ponte foi concluída e a gestão anterior repassou para esta empresa  R$ 224 mil. Após romper o contrato, a segunda colocada, Rone Engenharia, Projetos, Construções e Comércio Ltda. aceitou concluir a ponte, pelo saldo existente do convênio entre a Prefeitura de Tatuí e o Governo do Estado. O contrato foi assinado dia 6 de março de 2017. Na semana anterior, a empresa Rone realizou testes e sondagem de solo no Ribeirão do Manduca. O serviço já realizado foi  prejudicado  pelo abandono da obra e, no dia 10 de março, a construção da ponte foi retomada.  No final de julho a obra foi praticamente concluída, faltando apenas  aterrar as cabeceiras, drenagem das vias que limitam a ponte, pavimentação, construção de calçadas, iluminação, sinalização e serviços de serralheria junto a passarela para pedestres.

 

 

Destaques da edição de 11-8-2017

agosto 10, 2017

DUPLA LEO E JÚNIOR NO SHOW DE ANIVERSÁRIO DE TATUÍ

PM PREMIA VENCEDORES DO CONCURSO PAULO SETÚBAL

PREFEITURA ENTREGA PONTE DO MARAPÉ

ANIVERSÁRIO DE TATUÍ COM DESFILE E ATRAÇÃO NA PRAÇA

SONETO – DR. LINCOLN

TIRANIA, POPULISMO E MISÉRIA – MARCOS CINTRA

DESTAQUES (NOTAS OPINATIVAS)

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

NOVELAS

CANAL 1 – NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

DEFICIENTES COM MAIS ESPAÇO NA ATUAL ADMINISTRAÇÃO

LEI EQUIPARA VALOR DE HORA-AULA NO MUNICÍPIO DE TATUÍ

SINDICÂNCIA APURA SUMIÇO DE PROCESSO NA PREFEITURA

FALECIMENTOS

DECRETO  INCENTIVA SERVIDOR DA OPERAÇÃO TAPA-BURACOS

PALAVRAS CRUZADAS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (Jornal de Tathuy – 10-4-1932)

COLUNA DE ESPORTES

CLASSIFICADOS

COLUNA POLICIAL

TATUÍ CELEBRA PARCERIA COM O INSTITUTO AYRTON SENNA

PRAÇA DA MATRIZ SEDIA ENCONTRO DE DANÇAS

ANGLO PROMOVE PASSEIO CICLÍSTICO

MUSICAL “JOÃO E MARIA” NESTE SÁBADO NO CORETO

PREFEITURA DIVULGA RESULTADO DE CONCURSO DO C. TUTELAR

MATÉRIAS OFICIAIS

(Leis e decretos da Prefeitura de Tatuí, decretos do Fórum da Comarca, Leilão de máquinas da Etec Salles Gomes e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

 

ASSINE O JORNAL INTEGRAÇÃO IMPRESSO

(R$ 75,00 SEMESTRAL)

Acesse redação@jornalintegracao.com.br e solicite

sua assinatura ( fornecer nome, endereço, CEP, CPF, telefone).

LEI EQUIPARA VALOR DE HORA-AULA

agosto 3, 2017

 

profesores_camara

Professores acompanham a sessão de Câmara de Tatuí

Na terça-feira (1º), a Câmara Municipal de Tatuí aprovou projeto de lei complementar,  do Poder Executivo, que equipara o valor da hora-aula dos professores de Educação Infantil e professores de Educação Infantil substitutos do município aos professores de Educação Básica I, no que concerne à sua duração. Diversas professoras compareceram à Câmara, para acompanhar a discussão e votação.

O projeto determina que, para efeito de cálculo, o valor da hora-aula dos professores de Educação Infantil passará a ter duração de 50 minutos. Diz o texto que os professores em efetivo exercício na Educação Infantil irão receber o pagamento proporcional da diferença entre a duração de sua hora-aula e a duração da hora-aula do professor de Educação Básica I, a título de complementação salarial, que será incorporada ao salário, para todos os efeitos legais.

A prefeita Maria José Vieira de Camargo justifica que para cumprir a determinação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, os professores da Educação Infantil trabalham com hora-aula de 60 minutos e os demais professores trabalham com hora-aula de 50 minutos. “Visando corrigir essa distorção, propomos o pagamento proporcional do valor da hora-aula dos professores de Educação Infantil”.

Outros projetos

A edilidade aprovou outros dois projetos de lei do Poder Executivo. Um deles cria a “Semana Paulo Setúbal” no âmbito do município e outro autoriza a Prefeitura Municipal a receber, em doação, sem ônus, uma área de terras de 2.008 metros quadrados, de propriedade de Marcílio Luiz de Oliveiras e Nirde de Oliveira, destinada à abertura de ruas no Bairro Santa Cruz.

Entre os projetos do Poder Legislativo, foram aprovados dois de autoria do vereador Alexandre Grandino Teles (PSDB)  denominando de “João Batista Vaz de Campos” a Rua 3 do loteamento Residencial Vida Nova Tatuí e o segundo denomina de “Pedro Justino Tavares” a Rua 10 do loteamento Residencial Esplanada.

A Câmara aprovou projeto de lei do vereador Antonio Marcos de Abreu (PR) que obriga a divulgação na página oficial da Prefeitura de Tatuí na Internet a relação de medicamentos padronizados pela Secretaria Municipal de Saúde.  Também foi aprovado projeto  do vereador João Éder Alves Miguel (PV), que outorga o título de “Cidadão Tatuiano” para Luís Antonio Galhego Fernandes.

Destaques da edição de 5-8-2017

agosto 3, 2017

DESFILE DE ANIVERSÁRIO DE TATUÍ CONTA COM 60 ATRAÇÕES

CÂMARA APROVA PROJETOS EM DEFESA DOS ANIMAIS

ORQUESTRA FILARMÔNICA CORTEZ NO MÚSICA NA PRAÇA

TRÁGICO ACIDENTE ENVOLVE FAMÍLIA DE TÉCNICO DE FUTEBOL

DEMAGOGIA PETISTA E O DESEMPREGO – MARCOS CINTRA

DESTAQUES

A SAIDA PARA A CRISE – GAUDÊNCIO TORQUATO

ZOONOSES INICIA VACINAÇÃO CONTRA RAIVA

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

TROVAS – DR. LINCOLN

NOVELAS

CANAL 1 – NOTAS DE TV POR FLÁVIO RICCO

FALECIMENTOS

TATUÍ SEDIA REUNIÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE SOROCABA

FATEC E PREFEITURA RECEBEM RECURSOS DO COMITÊ DE BACIAS

CURSO PREVINE ACIDENTES COM CRIANÇAS DEFICIENTES

GUARDIAN DOA VIDROS PARA RAIA OLÍMPICA DA USP

FALECIMENTOS

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL DE TATHUY – 3/4/1932)

MUSEU EXIBE DOIS FILMES EM AGOSTO

COMPANHIA DE DANÇA APRESENTA-SE NO CONSERVATÓRIO

BANDA SINFÔNICA DE SÃO PAULO APRESENTA-SE EM TATUÍ

PALAVRAS CRUZADAS

MAMULENGO EM TATUÍ

GRUPO GREV ASSINA CONVÊNIO COM A PREFEITURA

NASCENTE DO BAIRRO SANTA CRUZ SERVE DE ESTUDOS

COLUNA DE ESPORTES

COLUNA POLICIAL

CLASSIFICADOS

INFORMATIVO DE COMPRAS

MATÉRIAS OFICIAIS

(Editais de Prefeitura de Tatuí, edital de leilão da Etec Salles Gomes, editais do Fórum de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).

 


%d blogueiros gostam disto: