Anúncios

Posts Tagged ‘Conservatório de Tatuí’

Câmara presta homenagem ao Maestro Neves

outubro 16, 2015
-NOME DE RUA-
Trecho de rua no centro receberá o nome do maestro Neves.

Trecho de rua no centro receberá o nome do maestro Neves.

 

Na terça-feira (13), na sessão da Câmara Municipal, os vereadores aprovaram por unanimidade projeto de lei de autoria do parlamentar Antonio Marcos de Abreu (PP), que denomina de “Maestro Antonio Carlos Neves Campos” o trecho da Rua São Bento, entre as Ruas 15 de Novembro e Juvenal de Campos, na região central da cidade. O trecho que recebe o nome do maestro Neves, falecido em 22 de outubro de 2013, localiza-se defronte à sede principal do Conservatório “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí, instituição da qual foi diretor artístico no período de 1984 a 2008. A sugestão para apresentação deste projeto foi do ministro tatuiano José Celso de Mello Filho, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na justificativa do projeto, o vereador Antonio Marcos destaca “a mais nobre intenção de agraciar, de registrar na história e vida de nossa cidade o nome do saudoso maestro Antonio Carlos Neves Campos”, que chegou a formar-se em Odontologia pela UNICAMP. Na área política, foi vereador na legislatura 1993/1996, mas tinha mesmo na música sua grande paixão. Em sua gestão como diretor artístico do Conservatório de Tatuí, foi responsável pela implantação de cursos musicais e profissionalização dos conjuntos de música da escola. Antonio Marcos lembra que o “digníssimo maestro elevou esta instituição ao ‘status’ de maior e melhor escola de música da América Latina”.

O vereador Marquinho prossegue: “com seu intenso trabalho no Conservatório, ainda escrevia arranjos para músicos como Wagner Tiso, Altamiro Carrilho e Elba Ramalho e as principais orquestras brasileiras”, além de “reger concertos no Brasil e exterior”. O parlamentar destaca ainda que a produção musical de Neves “foi intensa como arranjador, pianista e maestro, gravando três CDs com Toquinho”. O maestro foi “coordenador geral do Festival de Inverno de Campos do Jordão, criou o Festival de MPB de Tatuí, projetou o Programa de Apoio às Bandas (Pró-Bandas) da Secretaria Estadual da Cultura e teve participação decisiva na implantação do Festival de Música de Ourinhos”, conclui o texto.

 

Anúncios

Governador restabelece lei que criou o Conservatório de Tatuí

janeiro 29, 2015
Governador Geraldo Alckmin sanciona nova lei de autoria de Samuel Moreira.

Governador Geraldo Alckmin sanciona nova lei de autoria de Samuel Moreira.

Na quarta-feira (28), o governador Geraldo Alckmin sancionou o Projeto de Lei nº 654/2011, de autoria do deputado estadual Samuel Moreira (PSDB), que restabelece a vigência da Lei Estadual 997/1951, que criou o Conservatório de Tatuí. A nova Lei Estadual recebeu o nº 15.687/2015 e foi publicada nesta quinta-feira (29) no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, presidente do PSDB de Tatuí, informa que o restabelecimento da legislação garante ao Conservatório sua situação anterior. A lei revogada é de autoria do deputado Narciso Pierone. Em 1951, este parlamentar, comprometido com as causas de Tatuí, atendeu reivindicação de um grupo de tatuianos, liderado por João Del Fiol. Como o município possuia vocação musical, a luta foi para que se implantasse em Tatuí uma escola estadual com ênfase para a música clássica. Com o passar dos anos, o Conservatório, sempre dirigido por pessoas abnegadas e que identificavam com os anseios da população, torna-se um grande projeto musical e a qualidade do ensino alcança repercussão nacional e internacional. Em 2006, por um equívoco da Assembleia Legislativa, a lei que criou o Conservatório foi revogada em um pacote de leis sem nenhuma utilidade. Hoje, o Conservatório faz parte de uma estrutura que o torna em instituição consolidada e seu funcionamento requer investimentos da Secretaria de Estado da Cultura. Gonzaga, em nota oficial, entende que a revogação da lei de Narciso Pierone “poderia acarretar sérios problemas para a escola”. O presidente municipal do PSDB diz que fica feliz com a sanção da nova lei pelo governador Geraldo Alckmin, porque este foi um compromisso que assumi com Tatuí e o deputado Samuel Moreira viabilizou sua aprovação na Assembleia Legislativa, através de um projeto de lei de sua própria autoria”.

Falece o músico Valter Leite, o Carioca

novembro 1, 2014

Valter-Leite-CariocaNeste sábado (1), faleceu o músico Valter “Carioca” Leite, no Hospital dos Servidores Públicos, em São Paulo. O músico está sendo sepultado neste mesmo sábado, às
17h30m, em Tatuí, cidade onde residia. Carioca, além de oficial de Justiça, foi trompetista de renomadas orquestras brasileiras e professor do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí, enquanto o Maestro Antonio Carlos Neves Campos, já falecido, dirigiu esta importante escola de música. Era casado com Marilda Grazziano Leite e deixa filhos e netos. Nesta oportunidade, o Jornal Integração presta uma homenagem a um dos mais queridos músicos da “Cidade Ternura”. No dois minutos e 12 segundos do vídeo abaixo, Carioca aparece aparece em cima, à direita, em uma apresentação da Big Band Sam Jazz, criação do Maestro Neves.

‘Grand Symphonic Winds’, dos Estados Unidos, apresenta-se no Conservatório, dia 26 de janeiro, com entrada franca

janeiro 22, 2014
Grand Symphonic Winds (Foto disponibilizada pela Assessoria de Imprensa do Conservatório de Tatuí).

Grand Symphonic Winds (Foto disponibilizada pela Assessoria de Imprensa do Conservatório de Tatuí).

O Conservatório de Tatuí faz abertura oficial da temporada artística de celebração dos seus 60 anos de fundação neste mês de janeiro. O concerto será no dia 26, a partir das 20h30, no Teatro Procópio Ferreira, pela Grand Symphonic Winds, banda sinfônica de Minnesota (Estados Unidos), com participação especial da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí. A entrada é franca.

O concerto terá regência do professor-doutor Matthew George, com participação de Dario Sotelo. A apresentação em Tatuí é a estreia da turnê brasileira do grupo fundado há 25 anos, que inclui ainda concertos em Ouro Preto, MG (no dia 28, às 20h, no Teatro Casa da Ópera) e Rio de Janeiro (no dia 30, às 18h30, na Igreja Candelária).

A apresentação é aberta com “Occident and Orient”, de Camille Saint-Säens, seguida de “Sparkle”, de William G. Harbinson. Também integram o repertório as composições “Siegfried’s Funeral March”, de Richard Wagner; “Dance Movements”, de Philip Sparke; “As Midnight on a Moonless Night”, de Michael Markowski; e “Maxixe Urbano”, do brasileiro Fernando de Oliveira.

A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, um dos principais grupos pedagógico-artísticos da instituição, faz participação especial em duas das obras a serem apresentadas, marcando a integração entre os músicos.

Para o maestro Dario Sotelo, professor da instituição, a abertura da temporada com um evento internacional insere a escola de música no contexto artístico do ano de 2014. “Todos sabemos que este ano será bastante internacional, tendo em vista eventos esportivos mundiais”, iniciou ele. “Além disso, a Grand Symphonic Winds, elegeu Tatuí para abrir sua turnê. Trata-se de um concerto marcante.”

O Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí foi fundado em 11 de agosto de 1954. (Fonte:

SERVIÇO

Temporada 60 Anos

  • Concerto de Abertura: Grand Symphonic Winds (EUA) & Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí.
  • Regência: Matthew George e Dario Sotelo.
  • Data: 26 de janeiro de 2014, 20h30m.
  • Local: Teatro Procópio Ferreira – Rua São Bento, 415, Centro – Tatuí – Mais informações: 15 3205-8444.
  • Entrada franca.

Primeira Página de 26 de Outubro de 2013

outubro 25, 2013

MORRE O MAESTRO NEVES, EX-DIRETOR DO CONSERVATÓRIO

Maestro Antonio Carlos Neves Campos

Na terça-feira (22), 11 horas, faleceu aos 65 anos, o maestro Antonio Carlos Neves Campos, depois de permanecer 21 dias internado no Hospital dos Plantadores de Cana de Piracicaba. O maestro tatuiano foi atendido no pronto socorro de Tatuí e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital piracicabano. Neves fazia tratamento de hemodiálise e seu quadro se agravou com um problema cardiológico, ocorrido dia 1º de outubro. Dia 8 de outubro, sua esposa Terezinha Cabral Neves disse a este semanário que o paciente colocou um marca-passo e havia esperanças na sua recuperação. No último fim de semana, o quadro se agravou e Neves morreu na terça-feira passada. O corpo do maestro chegou ao Velório Municipal por volta das 18 horas. Seu sepultamento foi na quarta-feira (23), 10h15, no Cemitério Cristo Rei, com grande acompanhamento. Músicos prestaram homenagem ao maestro tatuiano e se despediram com a canção “Carinhoso”.

Antonio Carlos Neves Campos teve sua vida dedicada a música e ao Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, de Tatuí. Entre aluno de piano e na direção da instituição foram quarenta e dois anos de participação ativa na principal escola de música brasileira. Ao todo, foram oito anos como aluno de piano, dez como professor e vinte e quatro como diretor.

sepultamento_neves 001 1Neves, com seu intenso trabalho no Conservatório ainda escrevia arrranjos para músicos como Wagner Tiso, Altamiro Carrilho e Elba Ramalho. Também fez arranjos musicais para as principais orquestras brasileiras e, como maestro, regeu concertos no Brasil e no exterior. Além da direção do Conservatório de Tatuí, o tatuiano foi coordenador geral do Festival de Inverno de Campos do Jordão, projetou o Programa de Apoio às Bandas (Pró-Bandas), da Secretaria de Estado da Cultura, criou o Festival de MPB de Tatuí e teve participação decisiva para implantação do Festival de Música de Ourinhos. Sua produção musical foi intensa como arranjador, pianista e maestro, gravando três CDs com Toquinho.

Antonio Carlos Neves Campos, durante os longos anos que passou no Conservatório de Tatuí percebeu e entendeu as carências do músico brasileiro. (more…)


%d blogueiros gostam disto: