Anúncios

Orquestra de cegos da Coréia do Sul em Tatuí

by

ORQUESTRA HANBIT

Dia 25 de setembro, às 20 horas, no Teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório “Dr. Carlos de Campos”, a “Hanbit Chamber Orchestra”, única companhia de artes no mundo formada por deficientes visuais, irá se apresentar aos tatuianos, dentro da turnê “Hope Concert – Music In The Dark” (Concerto da Esperança – Música no Escuro). Esta é a primeira vez que a orquestra participa de turnê pela América Latina, promovida pela Ampliart Difusão Cultural, Rafa Music e Galeria Central. Outras duas apresentações estão programadas para os dias 21 e 23 de setembro, em São Paulo. A apresentação em Tatuí terá também a participação especial do CORALUSP, o coral da Universidade de São Paulo (USP).

A “Hanbit Chamber Orchestra”, originária da Coréia do Sul, é uma orquestra de câmara composta de instrumentos de cordas e sopro e trabalha com um repertório que vai do clássico tradicional à música contemporânea, incluindo músicas populares e temas de filmes. Já realizou mais de 150 apresentações na Coréia do Sul e no exterior e recebeu inúmeras críticas favoráveis, especialmente por “tocar com a alma”. Os deficientes visuais possuem excelente audição e aproximadamente 80% dos cegos tem ouvido absoluto, ou seja, a capacidade de formar uma imagem auditiva interna de qualquer som musical.

Com repertório internacional e algumas composições brasileiras, a turnê nacional da “Hanbit” pretende tornar-se um marco representativo pelo impacto social, através da música de alta performance, criatividade, perseverança e exemplo de seus membros portadores de deficiência visual. “O concerto trará ao público brasileiro o entusiasmo e a esperança de um mundo melhor, onde todas as pessoas, com deficiência ou não, possam ter oportunidade para o desenvolvimento pessoal e profissional”, disse a porta voz e diretora geral do evento no Brasil, Sandra Mimoto Torres.

História – A “Hanbit Performing Arts Company”, companhia da qual se originou a “Hanbit Chamber Orchestra”, foi criada no ano de 2003, em Seul, Coréia do Sul, originalmente como “Hanbit Brass Ensemble”. A companhia desenvolveu uma nova forma de reabilitação ocupacional para pessoas com deficiência visual, ajudando a combater o preconceito contra os deficientes. O projeto sugere formas de enfrentar os problemas sociais com a música de alta performance, promovendo a inclusão e estimulando a criatividade e perseverança entre seus membros. A companhia também trabalha com projetos sociais de inclusão, contribuindo para a criação de uma sociedade mais igualitária.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: