Anúncios

SANTA CASA EM GREVE. IMPASSE EM REPASSE DA CÂMARA

by
ssaca-site

Funcionários estão na Prefeitura e exigem solução do prefeito Manu.

Nesta quarta-feira (27), funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí entraram em greve por falta de pagamento do mês de novembro e outros encargos trabalhistas como 13º salário. A situação destes trabalhadores é lamentável. Em 2015, passaram o Natal na frente da Santa Casa por falta de pagamento. Agora a situação se repete na administração do prefeito José Manoel Correa Coelho. A verba enviada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), obrigatoriamente é depositada na conta da Prefeitura Municipal e depois repassada para o hospital. O chefe do executivo, que ainda tem mais cinco dias no cargo,  “requisitou” a Santa Casa e encaixou funcionários de sua confiança. Um diretor técnico engenheiro,  designado pelo chefe Poder Executivo,  recebe dos cofres públicos R$ 10.334,51 para prestar serviço no hospital. Enquanto este engenheiro recebe mensalmente este salário, funcionários que se dedicam à causa pública estão sem receber seus proventos.

IMPASSE NA CÂMARA – A Câmara Municipal de Tatuí deve transferir até esta quinta-feira (29) mais de R$ 600 mil reais para a Prefeitura. Segundo consta, o presidente Vlademir Saporito (PSDB) e  demais vereadores querem destinar esta verba para o pagamento dos funcionários da Santa Casa. No entanto, não depende do Poder Legislativo esta iniciativa. Em todo exercício financeiro, quando chega dezembro, o Poder Legislativo deve repassar a sobra de recursos ao Poder Executivo Municipal. Em 2016, o montante é de mais de R$ 600 mil.  No entanto, o Poder Legislativo não pode “carimbar” este dinheiro. Este montante pode ser empregado de acordo com a vontade do prefeito municipal, ou seja, em prioridades que ele entender convenientes. Conversas nos bastidores da Câmara Municipal revelam que, ao que tudo indica, a prioridade do prefeito Manu não é o pagamento dos funcionários da Santa Casa. Esta situação cria um impasse no Poder Legislativo e os vereadores temem que o dinheiro (R$ mais de 600 mil) possa ser destinado a outros pagamentos e não aos funcionários da Santa Casa. E a situação se agrava porque para que o Poder Executivo faça este repasse é necessário a aprovação de um projeto de lei, quase impossível pelo tempo de apenas cinco dias que resta para encerrar o mandato do prefeito José Manoel Correa Coelho.

Na tarde de quarta-feira (27), funcionários da Santa Casa se postaram dentro do prédio da Prefeitura e esperam uma solução por parte do prefeito municipal, visto que somente ele pode resolver esta situação.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: