BISPO SOLICITA ELEVAÇÃO DA IGREJA MATRIZ PARA BASÍLICA

by
INTERIOR MATRIZ (1)

Interior do Santuário Nossa Senhora da Conceição, em Tatuí. (Foto: Foco a Dois).

Dia 11 de fevereiro, o Bispo Diocesano de Itapetininga, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, encaminhou no último dia 11 de fevereiro, dois ofícios no qual solicita a anuência de Dom Walmor Oliveira, presidente da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) e a Dom Robert C. Sarah, prefeito da Sagrada Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, para dar o título de Basílica Menor para o Santuário e Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Tatuí.

Nos documentos relata-se um pouco da história dos 198 anos deste templo religioso, cuja obra foi iniciada em 1884. Há onze anos a igreja foi elevada a Santuário Diocesano. Em 2007, foi assinado pelo então prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, o decreto de seu tombamento, permitindo assim incluir o imóvel nos  bens culturais, patrimoniais e históricos de Tatuí.

“Nesses anos o Santuário Nossa Senhora da Conceição fez um excelente trabalho pastoral e evangelizador, preparando sua estrutura e sua população para acolher todos os fiéis devotos, que procuram com frequência este Santuário. Houve uma adaptação da realidade sacramental para melhor atender às pessoas, ampliando o número de Santas Missas, de atendimento de confissões, Adoração ao Santíssimo Sacramento, além das missas votivas de Nossa Senhora. Com piedade e fé, com a participação de todas as Paróquias desta cidade, celebramos a Festa da Padroeira, registrando a presença de muitos fiéis da cidade de Tatuí e região”, diz um trecho do documento assinado por Dom Gorgônio.

Em um dos documentos, é apontado que “… atualmente, a Paróquia conta com 1 padre, 3 diáconos permanentes, 3 comunidades, 9 pastorais, 8 movimentos/associações e 2 conselhos que se colocam a serviço, favorecendo com que o Santuário de Nossa Senhora da Conceição se torne um lugar de irradiação e propaganda da fé, além disso realiza um trabalho social de distribuição de alimentos, favorecendo a dignidade das pessoas”.

Após obter a anuência da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) e da Sagrada Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, um documento deverá ser encaminhado ao Vaticano, sobre o pleito da Diocese de Itapetininga.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: