Anúncios

FALECE JOSÉ ORLANDO DA CRUZ. ASSESSOR DA CÂMARA DE TATUÍ

by

Ze Orlando

 

 

Na terça-feira (4), José Orlando da Cruz, 66 anos, faleceu de infarto em sua residência no Parque Residencial Colina das Estrelas. Seu corpo foi velado na Câmara Municipal de Tatuí e sepultado no Cemitério Cristo Rei, na Avenida das Mangueiras. Era casado com Deise Soares Cruz e deixa três filhos. A morte prematura de José Orlando teve grande repercussão em Tatuí, principalmente nos meios políticos. Inúmeros amigos compareceram ao seu velório e acompanharam seu sepultamento. Todos estavam inconformados e seus semblantes era de pesar. Paulo Fernandes Pires Filho veio de São Paulo para o sepultamento. Ele comenta como a vida nos proporciona surpresas e na estrada refletiu muito sobre a morte. A prefeita Maria José Vieira de Camargo decretou luto oficial por três dias no município de Tatuí pela morte de José Orlando.

Na política – José Orlando atualmente ocupava o cargo, em comissão, de assessor parlamentar na Câmara Municipal de Tatuí. Ele iniciou suas atividades políticas com o ex-prefeito Olívio Junqueira e atuou como chefe de gabinete nas gestõe dos exprefeitos Joaquim Amado Veio Quevedo e Ademir Borssato. Nos bastidores, atuava em articulações políticas para lançar candidatos a prefeito. Sua habilidade política também estava presente no Poder Legislativo. A articulação de José Orlando sempre resultou em vitórias de seus grupos políticos nas eleições de presidentes da Câmara Municipal. Sua atuação partidária também foi marcante. Assumiu a presidência do PMDB quando Orestes Quércia e Luiz Antonio Fleury Filho se elegeram governadores do Estado. De seu trabalho político, Tatuí foi contemplada com inúmeros 

benefícios. Um dos mais destacados foi  junto ao secretário Nader Waffae, da pasta estadual da Saúde. Em Boituva, uma reivindicação de José Orlando, como presidente do PMDB, sensibilizou o secretário e resultou no envio de vultosas verbas da pasta da Saúde para a construção do Centro Cirúrgico da Santa Casa de Tatuí. Mesmo fora do governo, na inauguração do centro cirúrgico, Waffae recebeu uma placa de prata pelo relevante serviço prestado ao hospital.

Tatuí era a meta – Com a política pulsando em suas veias, José Orlando sempre se preocupou com os interesses do município de Tatuí. Para defender a cidade não se esquivava de até comprar brigas com outros municípios da região. Durante o governo do PMDB, na área de segurança, Tatuí contava com  Delegacia Seccional de Polícia, três distritos policiais, Instituto Médico Legal (IML) e um bem aparelhado Instituto de Criminalística (IC).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: