Anúncios

PREFEITURA COMEÇA PONTE DO JARDIM JUNQUEIRA

by
PONTE JARDIM JUNQUEIRA IMAGEM

Projeto da nova ponte do Jardim Junqueira

A prefeita Maria José Vieira de Camargo assinou contrato com a empresa CSC Engenharia e Construção Ltda para início da construção da nova ponte sobre o Ribeirão do Manduca, no Jardim Junqueira (Rua Maria Aparecida Santi). O custo da obra é de R$ 1.315.005,92 e o  prazo de construção é de 180 dias. Parte do dinheiro  é de convênio com o Ministério das Cidades e a outra com recurso próprio da Prefeitura de Tatuí.

“Será uma ponte com quatro faixas, duas em cada sentido, maior do que a que caiu no início de janeiro, já projetada para atender o fluxo intenso de veículos deste local. Inclusive, com alteração no trajeto de localização da ponte, melhorando as condições de tráfego. As obras já estão acontecendo”, destacou a prefeita Maria José.

Ponte do Jardim Junqueira – Parcialmente interditada desde o dia 17 de dezembro de 2016, a ponte da Rua Maria Aparecida Santi,  liga o Jardim Junqueira à Avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali. Ela caiu definitivamente no  dia 5 de janeiro, após fortes chuvas. O trânsito desde então está interrompido no local. No dia 6 de janeiro, a prefeita Maria José decretou “Estado de Emergência” (180 dias), situação homologada pela Defesa Civil do Estado de São Paulo (em 19/01) e pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, órgão da União (25/01). No dia 11 de janeiro, a Prefeitura de Tatuí removeu do leito do Ribeirão do Manduca os escombros da ponte. No dia 12 de abril, a Prefeitura de Tatuí foi comunicada pelo Ministério da Integração Nacional a liberação dos recursos para as construções das pontes do Jardim Junqueira e Jardim Paulista. O valor é de R$ 1 milhão para a construção das duas pontes (cerca de R$ 600 mil para a ponte do Jardim Junqueira e cerca de R$ 400 mil para a ponte do Jardim Paulista). 

PONTE DO MARAPÉ

Técnicos da Defesa Civil do Estado de São Paulo estiveram em Tatuí  para fiscalizar o andamento das obras da Ponte do Marapé, sobre o Ribeirão do Manduca. Segundo o engenheiro da Prefeitura de Tatuí, João Batista da Costa, da Defesa Civil local e que acompanhou a fiscalização da construção, a obra está 46% concluída, segundo a última medição. Agora, chegou a fase final do reaterro da cabeçeira do lado do posto de combustíveis (Avenida Pompeo Reali). A concretagem da sexta viga aconteceu no último dia 15, segunda-feira, com previsão da concretagem da décima segunda (e última) no próximo dia 22. Após 28 dias de “cura do concreto”, entre os dias 20 e 21 de junho, é a previsão para o içamento das vigas na ponte e, ainda no dia 22 de junho começa o içamento das pré-lajes. Nesse período, segundo o engenheiro civil da empresa contratada, Paulo Wesley de Camargo Soares, serão executados os seguintes serviços: as duas vigas tranversinas; os muros-ala; dissipadores de energia e o reaterro do lado da rua Capitão Lisboa, entre outros.

Ponte do Marapé – A  Ponte do Marapé começou no dia 10 de março, com prazo de 120 dias. Ela ficou abandonada desde outubro de 2016 e para reiniciar a obra, a Prefeitura de Tatuí precisou romper o contrato com a empresa vencedora de licitação pública e que não  cumpria o cronograma que estava estabelecido, informa a assessoria de imprensa. A segunda colocada assumiu a edificação. A ponte do Marapé caiu no 10 de março de 2016 em decorrência de fortes chuvas.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: