UTI DA SANTA CASA DE TATUÍ ESTÁ SATURADA

by

Nesta terça-feira (30), o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, com os dados sobre a Covid-19 em Tatuí, trouxe uma informação extremamente preocupante.  A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa apresenta saturação de 90%, diante do número de leitos que comporta o tratamento por terapia intensiva contra a moléstia. O texto explica que “mesmo com a disponibilidade maior de leitos clínicos e de UTI na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, as taxas de ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos supera 81%  e 90% da UTI.

            O mesmo boletim revela que, na terça-feira, estavam internados na Santa Casa 69 pacientes, sendo 19 na UTI e 50 no setor de isolamento, números que superam a capacidade de tratamento em Tatuí. No hospital da Unimed de Tatuí, encontravam-se 27 pacientes, 14 precisando de UTI, e 13 no setor de isolamento. O hospital providencia a construção de mais oito leitos de UTI,  em início da obra. Quem sai do estacionamento da Coop, na Rua Coronel Lúcio Seabra,  depara com uma estrutura de madeira no local onde serão instalados os leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

            Somente nas últimas 24 horas, haviam sido notificados 109 novos casos positivos de Covid-19 em Tatuí. E no período de 1º a 30 de março, registraram-se 1.837 casos da doença. Em relação aos óbitos, desde o início da pandemia, até a terça-feira (30), morreram  183 pessoas, dentre eles quatro ainda suspeitos. No período de seis dias as mortes se intensificaram. Em menos de uma semana ocorreram 16 óbitos.

            As autoridades de saúde em todo o País apelam para que a população obedeça as regras básicas de combate à pandemia, para tentar barrar o avanço da Covid-19 e evitar novas infecções, internações e mortes. Enquanto não houver vacina para todos, a única forma de impedir a propagação do novo coronavírus é usar máscara o tempo todo, higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel e respeitar o distanciamento social, saindo de casa somente para trabalhar ou em caso de necessidade, procurando evitar as aglomerações.

EXÉRCITO SE PREPARA

 PARA A 3ª ONDA

Dia 28 de março,, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, o general Paulo Sérgio, responsável pelo setor de Recursos Humanos da Exército, inclusive da área de saúde, acredita que em dois meses (maio) o Brasil enfrentará nova etapa da pandemia, que pode começar por Manaus. Na entrevista, o general fala sobre as ações que evitaram as mortes no Exército. Foram campanhas massivas de distanciamento social e outras ações, como o uso de máscara e higienização das mãos. Com medidas,  como espécie de lockdown, diz o general Paulo Sérgio ao jornalista Renato Souza, o Exército mantém uma taxa de mortalidade pela doença de 0,13%, bem abaixo do índice de 2,5% registrado na população em geral do País.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: