Anúncios

PONTE DO MARAPÉ AINDA SEM SOLUÇÃO

by

ponte-1

Dia 18 de outubro, durante a discussão dos requerimentos na sessão da Câmara Municipal, o vereador Márcio Antonio de Camargo (PSDB) voltou a abordar a questão da Ponte do Marapé, que desabou em razão das fortes chuvas no mês de fevereiro e até o momento não foi reconstruída pela Prefeitura.

O parlamentar disse que fez uma visita ao local e verificou que os serviços estão sendo feitos “a passo de tartaruga”. Márcio destacou que os moradores e comerciantes daquela região da cidade estão sofrendo com a situação e revelou que pretende mobilizar os vereadores, no sentido de intensificar a fiscalização das obras da ponte, localizada em uma das principais entradas da cidade, uma “veia arterial” de ligação com o centro de Tatuí. O vereador lembrou também que o governo estadual destinou verba para a reconstrução da ponte e, diante disso, questionou por que as obras ainda não foram concluídas. Márcio Camargo asseverou que faltavam doze dias para vencer o prazo estipulado para o término das obras, de acordo com as informações da placa instalada no local.

O vereador Luís Donizetti Vaz Júnior (PSDB) concordou com as palavras do parlamentar Márcio Camargo e disse que, apesar da verba liberada pelo governo estadual, somente cerca de 20% da obra da ponte foi feita até o momento. Júnior Vaz criticou também o projeto de reforma da Avenida Pompeo Reali, especialmente a construção do canteiro central. O vereador disse que gostaria de verificar o projeto, para saber se a reforma foi autorizada daquela maneira, já que “quase todo final de semana tem acidentes ali”. O parlamentar alertou ainda que outras pontes da cidade correm o risco de cair. “Temos que pedir a Deus para que não caiam, para que o povo não fique ilhado”, citou.

Na sessão da terça-feira (25), o assunto voltou a ser discutido pela edilidade. O parlamentar Antonio Marcos de Abreu (PR) apresentou dois requerimentos, endereçados ao prefeito municipal, pedindo informações sobre o estágio em que se encontram as obras de reconstrução da Ponte do Marapé e do canteiro central da Avenida Pompeo Reali, especificando a previsão para o término dos serviços.

Ao se pronunciar na tribuna, Antonio Marcos disse que também visitou as obras da ponte e verificou que somente três pessoas estariam trabalhando no local. O vereador ressaltou os prejuízos sofridos pelos comerciantes e moradores daquela área e criticou a demora na reforma da avenida, classificando a situação de “absurda”. O parlamentar disse que acabou a eleição, mas o trabalho precisa continuar, pois o prefeito continua a dirigir a cidade até dia 31 de dezembro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: