Anúncios

CIENTISTA TATUIANO RECEBE PRÊMIO INTERNACIONAL

by
adriano_premio

Adriano pesquisa prevenção do diabetes, obesidade, câncer e doenças vasculares.

O tatuiano Adriano Costa de Camargo teve sua trajetória acadêmica considerada “de excelência” pela Sociedade Internacional de Nutracêuticos e Alimentos Funcionais, que publica a “Journal of Functional Foods”, uma das mais importantes revistas científicas da área de alimentos, química e ciências médicas. Ele recebeu a premiação no último dia 11 de outubro, em Orlando, Flórida, durante a conferência anual da entidade. Esta é a primeira vez que um pesquisador da América Latina é agraciado pela sociedade. A conferência teve a participação de especialistas mundialmente reconhecidos na área de nutracêuticos e alimentos funcionais, provenientes de trinta países.

Nos últimos seis anos, Adriano tem concentrado sua pesquisa nas áreas de segurança alimentar, conservação de alimentos e desenvolvimento de produtos e antioxidantes, além da identificação de compostos naturais com potencial para a prevenção do diabetes, obesidade, câncer e doenças cardiovasculares.

A International Society for Nutraceuticals and Functional Foods (ISNFF), entidade que outorgou o prêmio a Adriano, criou a honraria em 2009, concedendo-a anualmente a pesquisadores em função dos resultados dos trabalhos e trajetória acadêmica. O prêmio tem o nome de “Fereidoon Shahidi Fellowship Award”, em referência ao pesquisador que é listado entre os dez mais influentes do mundo na área de ciências agrárias.

Aluno de escola pública desde o início da vida escolar, Adriano é cientista de alimentos pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/Esalq), em Piracicaba, e defende o doutorado na mesma universidade ainda este mês. Em Tatuí, estudou na Escola Estadual Chico Pereira (no Ensino Médio) e na Escola Municipal João Florêncio, Etec Sales Gomes, Escola Estadual Altina Maynardes Araújo e Escola Municipal Maria da Conceição Oliveira Marcondes (todas no Ensino Fundamental).

Orientadora de Adriano no doutorado, Marisa Aparecida Bismara Regitano d’Arce diz ser sempre importante que a pesquisa brasileira avance no contexto internacional. “O Adriano se destaca pelo brilho nos olhos, que somente aqueles que amam o que fazem têm o privilégio em exibir. Isso vai além da formação, é algo intrínseco”, conta a professora doutora do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da USP/Esalq. “O prêmio tem importância institucional e pessoal, pois reconhece dentro de um contexto de excelência, por meio do aluno, a USP/Esalq”, completa a mestra. (Com informações e foto de Rodrigo Alves)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: