Anúncios

Posts Tagged ‘FGV’

A Santa Casa vai bem, obrigado!

setembro 26, 2015
– EDITORIAL –

Santa-Casa

 

Em julho, a São Bento Saúde assumiu a administração da Santa Casa de Tatuí. Neste período de gestão, as contas do hospital público tatuiano melhoraram de acordo com as respostas dadas na entrevista que frei Bento concedeu ao Jornal Integração. Há algum tempo, o hospital tatuiano saiu da pauta da imprensa e deve voltar às páginas quando os novos administradores prestarem contas de seu trabalho no prazo de 90 dias, como ficou acordado entre a empresa e a Prefeitura.

As respostas apresentadas pelo frei Bento e seu assessor Carlos Eduardo de Camargo deixam claro que a dinâmica empregada para mudar o sistema de gestão da Santa Casa e cortes de gastos começam a dar resultados positivos.  Em julho, frei Bento afirmou que o pagamento de médicos provocava déficit na Santa Casa.  Neste período, reviu seu conceito e afirma que  “analisando o contexto real, com isso, hoje podemos informar que os pagamentos Médicos estão dentro da realidade adotada por hospitais no Brasil e em alguns casos os valores praticados por nós estão abaixo dos valores trabalhados em nossa própria região”,  Na reunião para mudança da gestão, a Santa Casa apresentava uma dívida de R$ 18 milhões,  Hoje chega-se à preocupante conclusão que são R$ 21 milhões. E não precisa de  nenhuma bola de cristal para descobrir como chegou a esta situação.

Outra questão de suma importância. Com a saída de Unimed Tatuí, a Santa Casa perdeu uma receita de R$ 300 mil mensais, segundo declarações do próprio frei. Este semanário, há algumas edições publicou entrevista com o administrador Carlos Eduardo Camargo. Ele informou que a Maternidade estabeleceu convênio para prestar serviços de obstetrícia ao hospital de Cerquilho. Já que o sistema ficaria ocioso com a saída da Unimed, porque não se pensou nisto antes? Precisou vir alguém de fora para enxergar as possibilidades de aumentar o fluxo de caixa para tentar cobrir um déficit provocado pela saída da Unimed. E a nova administração, sem nenhum passe de mágica, garante que dentro em breve vai haver um aporte de R$ 220 mil nas contas do hospital com uma pequena ação de seus advogados e de seu administrador profissional, aliás, com curso de extensão universitária na Fundação Getulio Vargas (FGV).

 Outra questão que deve ser esclarecida é a respeito da colaboração da Prefeitura de Tatuí com a Santa Casa. Quanto efetivamente o hospital recebe de verba pública municipal?  A resposta foi curta e grossa: 60%. Este percentual refere-se a que valor? Há algum tempo, o Diário Oficial do Município divulgou que a Prefeitura repassava R$ 18 milhões para a Santa Casa. Só esqueceu de informar que grande parte deste valor provém do SUS e convênios estaduais, dinheiro que obrigatoriamente deve passar pelos cofres públicos municipais. Segundo um membro da Provedoria, a divulgação irresponsável deste valor hipotético pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura, só contribuiu para agravar a situação do hospital. Este diretor disse que a notícia só prestou desserviço à Santa Casa. Ninguém mais queria contribuir com a o único hospital público depois de divulgado este valor. E, finalmente, outra situação que precisa ser esclarecida e divulgada em balancete mensal é a despesa com  pronto socorro.  Este setor provoca déficit ou lucro nas contas hospitalares.  A São Bento Saúde veio com a fama de assumir Santas Casas na “UTI” e colocá-las sã e salvas.

Como se trata de um hospital público, destinado a pacientes do SUS, é necessário mostrar com números tudo o que se passa com as verbas da Santa Casa.  Durante a administração do advogado José Rubens do Amaral Lincoln, que ficou dez anos na Provedoria da Santa Casa, tudo era esclarecido. Dr. Lincoln, mensalmente, através da imprensa, publicava um balancete com todas as receitas, despesas e doações ao nosso hospital.

A título de sugestão, a São Bento Saúde, mensalmente, poderia publicar no Diário Oficial do Município, sem nenhum ônus para o hospital, o balancete das atividades financeiras. Desta forma a população pode acompanhar onde é gasto o dinheiro que o SUS, Governo do Estado e que a Prefeitura Municipal injetam na Santa Casa.

Anúncios

Destaques de 17 de Maio de 2013

maio 17, 2013

Exclusivo Online

PREFEITO DESTACA O CRESCIMENTO DE BOITUVA

Edson Marcusso e prefeitos da região.

Edson Marcusso e prefeitos da região.

Na quarta-feira (15), o atual contexto e as novas tendências da economia regional, ações e investimentos do poder público para alavancar o desenvolvimento dos municípios da região, foram alguns dos temas abordados pelo prefeito Edson Marcusso, de Boituva, em palestra realizada no I Encontro de Gestores de Viagens.

O evento, no Mavsa Resort, em Cesário Lange, reuniu mais de 50 profissionais de gestão de viagens coorporativas, provenientes de grandes empresas do estado de São Paulo. Neste encontro, o Grupo “É Ouro” procurou promover uma reflexão entre os participantes, em relação das oportunidades e crescimento que poderão impactar o setor de gestão de viagens corporativas.

“Nossa região vive um momento histórico. Concentramos a quinta cidade do interior do País em potencial de consumo e com PIB, per capta, de vinte e quatro mil reais. Este número  equivale ao de cidades importantes, como Rio de Janeiro e Curitiba, se comparando ao Vale do Ruhr, que é a região mais populosa da Alemanha e um dos principais polos industriais da Europa”, disse Marcusso. “O desenvolvimento gera desenvolvimento e novas oportunidades para nossa economia”, fala o prefeito de Boituva. Marcusso também deu destaque aos esforços realizados para o fortalecimento da infraestrutura da cidade, dos serviços e ampliar o ‘trade’ turístico de Boituva. “Queremos criar um ambiente empreendedor na cidade, o que é interessante para todos”, disse. Além de Marcusso, outros dois prefeitos da região também contribuíram com informações para o evento: Ramiro de Campos (Cesário Lange) e Emerson Motta (Torre de Pedra).

CINCO DICAS PARA REVOLUCIONAR SUA PEQUENA EMPRESA

Com o título acima, a revista “Exame” publicou matéria em seu site, onde dois especialistas, um deles o tatuiano Renê José Rodrigues Fernandes, listam recomendações para que um pequeno empresário profissionalize o seu negócio. De acordo com o texto, um dos principais erros que os empreendedores cometem é não perceber quando a empresa precisa de recursos para crescer. “O empreendedor, na essência, é uma pessoa que corre riscos, pensa e faz acontecer, mas não sabe necessariamente gerir um negócio”, explica José Augusto Figueiredo, presidente no Brasil da consultoria LHH/DBM na América Latina. Para Renê José Rodrigues Fernandes, gerente de projetos do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGVcenn) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), às vezes, o empresário tem várias informações sobre a empresa nas mãos, mas não sabe como utilizar de forma estratégica. Veja abaixo cinco recomendações de Fernandes e Figueiredo, para profissionalizar sua pequena empresa.

  1. Tenha um plano de negócios – Uma das principais ferramentas para gerenciar uma empresa, o plano de negócios não é somente necessário no começo da empresa. “É um controle ou uma fotografia de como a empresa está”, afirma Fernandes. Informações sobre o mercado, finanças e operações são importantes para montar esse documento. Se o empresário fizer a constante revisão, poderá usar como base para decisões estratégicas.
  2. Aprenda a delegar – Uma atitude inteligente que um empresário deve tomar é refletir sobre a maneira como faz a gestão de sua equipe de funcionários. “Ele precisa perceber se confunde competência com confiança”, afirma Figueiredo. Ao descentralizar algumas decisões, o empreendedor poderá contar com uma equipe mais confiante e preparada para lidar com situações inesperadas.
  3. Separe as contas da empresa – Um erro comum e grave cometido por pequenos empresários é o de misturar gastos pessoais com os do negócio. Além disso, a separação deve ser estendida para todas as áreas da empresa e não só a financeira. “Se a esposa do sócio pede algo para um funcionário da empresa, tem desvio não só de dinheiro, mas de função”, explica Fernandes. Por isso, separar bem as questões pessoais e profissionais é essencial.
  4. Reúna um conselho de administração – Dependendo do nível de amadurecimento da empresa, não é recomendado que as decisões fiquem somente nas mãos do dono. Ao buscar pessoas de fora para participar do conselho, o empreendedor pode agregar profissionais com uma visão macro do mercado.Para Fernandes, poucas empresas têm e muitas que teriam potencial para ter este conselhor estão desperdiçando essa oportunidade.
  5. Busque ajuda especializada – Recorrer a consultorias jurídicas e contábeis é recomendável para tomar determinadas decisões em relação ao negócio, como tributos e leis trabalhistas. Para certos negócios, Fernandes explica que o auxílio de auditores externos é importante. Pode se tornar uma grande vantagem para quando a empresa estiver pronta para receber um aporte de uma venture capital, por exemplo. (Camilan Lam, da Exame.com 10/5/2013)

Principais notícias desta edição

ASILO PREPARA FESTA DA CARIDADE

SEGURANÇA BALEADO MORRE EM SOROCABA

LITAC É DECLARADA DE UTILIDADE PÚBLICA

MÉDICOS ESTRANGEIROS NO BRASIL, POR JOSÉ RIGOLÃO

COLUNA FILATÉLICA, POR CARLOS ROBERTO FAVARÃO

TATUÍ E SUA HISTÓRIA (JORNAL RIDENDO – 31-5-1925)

PALAVRAS CRUZADAS

CÂMARA APROVA PROJETO PARA AGILIZAR CAIXAS EM SUPERMERCADO

HOMENAGEM AO “BARÃO DE SURUÍ”

VEREADOR REIVINDICA CRECHE ESPECIAL

PARLAMENTAR QUE SABER DE PONTE QUEBRADA

TOQUE DE ACOLHER É TEMA DA TRIBUNA LIVRE NA CÂMARA

MALUF ANUNCIA R$ 200 MIL PARA SANTA CASA DE TATUÍ

CRIAÇÃO DO MD ALTERA FORMAÇÃO PARTIDÁRIA NO LEGISLATIVO

FALECIMENTOS

NOTAS E NOTÍCIAS

NOTAS SOCIAIS

ENCONTRO DE ADOÇÃO DE ANIMAIS

COLUNA GENTE (FOTOS E NOTAS SOCIAIS)

COLUNA POLICIAL

COBAT ELEGE NOVA DIRETORIA

SEBRAE AUXILIA GESTÃO DE NEGÓCIOS EM TATUÍ

CANAL 1, NOTAS DE TV POR FLAVIO RICCO

COLUNA DE ESPORTES

DENGUE AVANÇA EM TATUÍ E REGIÃO

TATUÍ SEDIA ENCONTRO DE FUNDOS SOCIAIS

AUDIÊNCIAS DEFINEM NOVA REGIÃO METROPOLITANA DE SOROCABA

NOVELAS

CLASSIFICADOS

CINCO DICAS PARA REVOLUCIONAR SUA PEQUENA EMPRESA

INTEGRAÇÃO NAS EMPRESAS

PREFEITURA ENTREGA NOTEBOOKS EM ESCOLAS RURAIS

MATÉRIAS OFICIAIS (Editais da Prefeitura de Tatuí, Aviso de Audiência Pública da Secretaria da Fazenda, editais de chamamentos da Prefeitura de Tatuí e editais de casamentos do Cartório de Registro Civil de Tatuí).


%d blogueiros gostam disto: